Clique e assine por apenas 5,90/mês

Vídeo: como é ter um McLaren P1 para uso diário

Advogado japonês utiliza superesportivo de 916 cv diariamente para ir ao trabalho

Por Diego Dias - Atualizado em 23 nov 2016, 21h20 - Publicado em 12 jul 2016, 15h35
McLaren P1
McLaren P1 

Ter um supercarro é um sonho para muitos, mas realizado por poucos. Ainda mais raros são aqueles que utilizam um superesportivo para enfrentar o trânsito de uma das maiores cidades do mundo para ir e vir do trabalho. É o caso do advogado japonês Go Himatsu, feliz proprietário de um McLaren P1 utilizado todos os dias para levá-lo de casa até seu escritório, no centro de Tóquio. 

LEIA MAIS:

>> Impressões: McLaren P1

>> McLaren coloca à venda um F1 em estado de zero quilômetro

>> Porsche 918 Spyder, o híbrido recordista do asfalto

Além de usar o modelo diariamente, o advogado também se encontra com outros proprietários de superesportivos nos finais de semana. Pode ser no circuito Fuji International Speedway para acelerar seu P1 a mais de 300 km/h, ou a famosa estrada particular Hakone Turnpike, considerada por muitos a versão japonesa de Nürburgring por conta do traçado desafiador em meio a uma floresta.

 

Com apenas 375 unidades produzidas, o McLaren P1 é raro e superlativo. Tem um motor V8 3.8 biturbo de 737 cv e 73,4 mkgf de torque, que trabalha em conjunto com um propulsor elétrico de 179 cv e 26,5 mkgf, totalizando 916 cv de potência. Para acelerar o bólido de 0 a 100 km/h são necessários apenas 2,8 segundos, enquanto a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 350 km/h. 

Continua após a publicidade
Publicidade