Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Vendas em junho: Fiat Strada, Argo e Hyundai HB20 lideram no mês e no ano

Stellantis dominou com 37,5 das vendas de carros novos e com sete dos 10 carros mais vendidos em junho de 2021

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 2 jul 2021, 14h49 - Publicado em 2 jul 2021, 13h34
Nova Fiat Strada 2021
Fernando Pires/Quatro Rodas

Por mais um mês, a Stellantis tem motivos para comemorar. Além da picape Fiat Strada ter voltado à liderança dos emplacamentos mensais em junho, ela foi seguida de pertinho pelo Fiat Argo. Além disso, foi responsável por sete dos 10 carros mais vendidos no mês.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

O Hyundai HB20, na terceira posição, quebra a hegemonia do grupo, mas é seguido por Fiat Mobi e Jeep Renegade. Na sexta posição, o Renault Kwid dá sinal de reação nos emplacamentos e é acompanhado por Jeep Compass e Fiat Toro.

Jeep Renegade Moab
Fernando Pires/Quatro Rodas

Na nona posição aparece o Hyundai Creta que, apesar de estar prestes de ganhar uma nova geração, vem experimentando uma alta nos emplacamentos nos últimos meses. Quem fecha o top-10 é o Fiat Cronos, outro carro que está reagindo nas vendas.

Lançamento, o Toyota Corolla Cross alcançou a 12a posição nos emplacamentos com 4.710 carros, bem distante dos 2.826 Toyota Corolla (17°).

Foram 169.589 automóveis e comerciais leves emplacados no Brasil em junho, uma queda de 3,3% frente a maio, mas um crescimento de 38,1% na comparação com junho de 2020, quando o mercado estava praticamente parado.

Continua após a publicidade

JEEP COMPASS SPORT T270 x TOYOTA COROLLA CROSS XR

Em junho, a Fiat sozinha deteve 26,2% do mercado, com 44.407 emplacamentos. Praticamente o dobro da segunda colocada, Volkswagen, com 22.704 emplacamentos e 13,6% de share. A Stellantis ainda engloba a Jeep (8%), Peugeot (1,8%) e Citroën (1,5%). Ao todo, 37,% das vendas de automóveis no Brasil foram do grupo.

Os 30 carros mais vendidos em junho de 2021:

Posição Modelo
Fiat Strada 9.697
Fiat Argo 9.382
Hyundai HB20 7.609
Fiat Mobi 7.529
Jeep Renegade 7.504
Renault Kwid 6.083
Jeep Compass 6.046
Fiat Toro 5.909
Hyundai Creta 5.902
10º Fiat Cronos
5.404
11º VW Gol 4.742
12º Toyota Corolla Cross 4.710
13º Toyota Corolla
3.544
14º Toyota Hilux 3.535
15º Chevrolet S10 3.321
16º VW T-Cross 3.318
17º Nissan Kicks 3.250
18º VW Saveiro
2.932
19º VW Nivus 2.823
20º Fiat Uno 2.632
21º Hyundai HB20S 2.579
22º Chevrolet Onix 2.532
23º Honda HR-V 2.469
24º Renault Duster 2.353
25º Citroën C4 Cactus 2.151
26º Toyota Yaris 2.046
27º Chevrolet Spin 2.007
28º VW Virtus 1.952
29º Honda Civic 1.939
30º Fiat Fiorino 1.923
HB20_Diamond_Bluelink
Divulgação/Hyundai

Com o fechamento do primeiro semestre, porém, a ordem dos carros mais vendidos no ano é um pouco diferente. Sem produção há alguns meses, o Chevrolet Onix (21° em junho) não conseguiu sustentar a ampla liderança que tinha no primeiro trimestre do ano. A picape Fiat Strada acabou assumindo seu posto e é seguida pelo Hyundai HB20.

Foram emplacados 1.006.685 automóveis e comerciais leves no primeiro semestre de 2021.

Os 20 carros mais vendidos no primeiro semestre de 2021:

Posição Modelo
Fiat Strada 61.064
Hyundai HB20 45.408
Fiat Argo 41.926
Chevrolet Onix 41.501
Jeep Renegade 40.607
Fiat Mobi 39.356
VW Gol 36.969
Fiat Toro 34.089
Hyundai Creta 33.493
10º Jeep Compass
32.554
11º Renault Kwid 29.186
12º VW T-Cross 29.179
13º Chevrolet Onix Plus
28.866
14º Chevrolet Tracker 27.125
15º VW Nivus 19.935
16º Toyota Corolla 19.899
17º Toyota Hilux 19.236
18º Nissan Kicks
19.169
19º Honda HR-V 18.746
20º VW Saveiro 15.570

Passados os primeiros seis meses do ano, a Fenabrave, federação das distribuidoras de veículos, revisou para baixo suas projeções de crescimento nas vendas de veículos na comparação com 2020. Em janeiro, a expectativa da organização era um crescimento de 15,4% nas vendas de automóveis e de 17,9% nas vendas de comerciais leves.

Agora, espera um crescimento de 10,2% e 13,2%, respectivamente, para cada setor. Quando somados, a expectativa de crescimento era de 15,8% e foi reduzida para 10,7%. Se em 2020 foram emplacados 1.950.889 automóveis e comerciais leves, a projeção agora é fechar o ano com 2.159.636 carros.

Para os setores de caminhões e ônibus, porém, a expectativa aumentou de 19,4% para 27,1%. O maior crescimento, porém, é esperado para o setor de implementos rodoviários: a expectativa de crescimento subiu de 22,5% para 41,1%.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa de QUATRO RODAS 746

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês