Clique e assine por apenas 8,90/mês

Valentino Rossi no ritmo da NASCAR

Piloto italiano da Yamaha participou de evento promocional nos Estados Unidos

Por Alexandre Ciszewski - Atualizado em 9 nov 2016, 12h23 - Publicado em 26 abr 2013, 13h40
Valentino Rossi no ritmo da NASCAR

Valentino Rossi rodou rápido o suficiente para estar na metade superior da tabela da NASCAR Nationwide Series, enquanto pilotava o stock car da Toyota de Kyle Busch em um evento promocional na segunda-feira (22).

O multicampeão de MotoGP viajou até o Charlotte Motor Speedway, na Carolina do Norte, após terminar o Grande Prêmio das Américas (Texas, EUA) em sexto lugar, no domingo (21). Lá Rossi pilotou um carro V8 de 5.8 litros capaz de gerar até 650 cavalos de potência.

Busch ficou impressionado com a velocidade que Rossi atingiu, já que The Doctor rodou na faixa dos 300 km/h. “Eu acho que ele foi muito bem”, disse Busch, o piloto de maior sucesso na história da Nationwide Series, com 55 vitórias na carreira.

“Ele começou um pouco lento, o que é bom, mas a cada volta ele acelerou muito.Ele chegou ao ponto onde estava fazendo voltas velozes e competitivas – tempos que iriam colocá-lo no top 15 da Nationwide Series”, disse Kyle Busch. “Isso é muito bom para um cara que está na sua primeira vez, que está apenas se acostumando com as coisas, e alguém que está habituado a pilotar máquinas de duas rodas.”

Continua após a publicidade

Veja a galeria de fotos de Valentino Rossi na NASCAR!

130426-rossi-ab.jpg

Rossi disse que a experiência tinha sido desconcertante no início, mas que gostou imensamente das voltas realizadas no Charlotte Motor Speedway. “Eu tenho muitos amigos da Europa e da Itália que acompanham a NASCAR”, disse ele.

“Parece que é um tipo completamente diferente de corrida do que o que fazemos na Europa e eu esperava algo mais parecido com isso – emocionante, alta velocidade e uma grande sensação nas curvas. Você tem muita aderência, então você está colado na pista”, disse o italiano.

Continua após a publicidade

“No início foi um pouco estranho, porque é difícil seguir em linha reta. Mas, depois de algumas voltas, eu tinha muita confiança e fui capaz de ir mais rápido, mais rápido e mais rápido ainda”, finalizou Valentino Rossi.

Veja o vídeo abaixo:

Publicidade