Clique e assine com até 75% de desconto

Usando o mesmo bloco, Volvo desenvolve família de motores a gasolina e diesel

Diferentes soluções tecnológicas adequam a unidade aos combustíveis e aos níveis de rendimento desejados

Por Paulo Campo Grande Atualizado em 9 nov 2016, 14h44 - Publicado em 3 nov 2015, 16h15
geral

Quem disse que motor a diesel é totalmente diferente do à gasolina? A Volvo apresentou uma tecnologia revolucionária que introduz o conceito de construção modular para motores. A nova família VEA (Volvo Engine Architecture) é formada por 14 modelos que compartilham 75% das peças, segundo a fábrica – entre eles, bloco, cárter e virabrequim, além dos sistemas agregados (bomba de óleo, alternador, compressor de ar-condicionado). Todos os motores têm o mesmo número de cilindros (4) e deslocamento (1.5 ou 2.0), com versões movidas a diesel ou gasolina.

Graças a recursos como turbocompressor e injeção direta de combustível, entre outros, esses motores conseguem gerar potências que vão de 111 a 320 cv, o que possibilita diferentes aplicações, de hatches compactos a SUVs de grande porte. A nova família VEA tem 14 motores, sendo seis 1.5 e oito 2.0, que substituem todos os antigos motores de quatro, cinco, seis e oito cilindros da marca.

Essa modularidade traz como vantagem o aumento de escala e a redução de custos, além de permitir a produção das diferentes versões na mesma linha de montagem e reduzir o número de componentes das plataformas, uma vez que os pontos de fixação dos motores são sempre os mesmos, independentemente da versão. Veja mais detalhes abaixo.

Bloco único

bloco.jpeg?1446576987

O bloco do motor é idêntico para diesel e gasolina. Mas as paredes dos cilindros dos motores a diesel recebem um tratamento adicional, com liga de alumínio, que aumenta sua resistência em razão da maior pressão da queima desse combustível.

Turbos

turbos.jpeg?1446577099

Dentro da mesma cilindrada, a sobrealimentação é o caminho para conseguir diferentes níveis de potência. Assim, é possível ter motores VEA equipados com um turbocompressor, dois turbocompressores ou um turbo e um compressor mecânico associados (acima).

Continua após a publicidade

Câmbio automático

cambio.jpeg?1446577053

Para a transmissão, a Volvo desenvolveu uma única caixa de marchas automática de oito velocidades. Ela atende a todas as aplicações da linha, com mudanças apenas na relação de diferencial – até as relações de marchas se mantêm as mesmas.

Bicos injetores

bico.jpeg?1446576969

Nos motores à gasolina, há velas de ignição, os injetores ficam no centro das câmaras e a pressão de injeção é de 3,5 bar. Nos motores a diesel, não há velas (a combustão ocorre por compressão) e os injetores são laterais e trabalham com 2.500 bar de pressão.

LEIA TAMBÉM:– Volvo anuncia recall de S60 e XC60 no Brasil– Garagem QR #14: conselhos sobre motor

Continua após a publicidade
Publicidade