Assine QUATRO RODAS por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Um dos Volkswagen Gol mais caros da história é NFT de R$ 154.000

Remetendo à idade do Volkswagen Gol e homenageando seu pioneirismo, exemplar 42 da série Last Edition virou NFT leiloado online

Por Eduardo Passos
8 dez 2022, 22h01

Além de homenagear o passado, o Volkswagen Gol Last Edition, versão de despedida do icônico modelo, olha para o futuro. Uma das 650 unidades à venda no Brasil acaba de ser o primeiro carro nacional vendido através de um NFT, por surreais R$ 154.000.

Esse preço foi atingido após um leilão on-line, que durou oito dias e teve 36 lances. O último, foi feito há dois dias – não houve disputa de lances até o último momento.

O NFT (sigla para “token não-fungível”) é, em linhas gerais, um método de gerar certificados de autenticidade e propriedade para itens digitais — entre eles, uma ilustração digital do Gol Last Edition, feita por José Carlos Pavone, chefe de design da Volkswagen para a América Latina e responsável pelo projeto do Nivus.

Continua após a publicidade

A diferença é que o vencedor do leilão, além de arrematar a versão digital da ilustração que vai na capa do manual do último Gol, também levará o carro de verdade no pacote. Mais especificamente a unidade nº 42 de 650, remetendo aos 42 anos de história do automóvel mais vendido do país. Ou seja, a unidade com número de série 420042.

Volkswagen Gol Last Edition 2022
Gol Last Edition de verdade está incluído no valor do NFT (Divulgação/Volkswagen)

A Volkswagen já vem negociando NFTs em sua plataforma Digital Garage há alguns meses. A marca justificou a venda do Gol LE 42 dessa forma como uma “última inovação”, após ter sido o primeiro modelo nacional com injeção eletrônica e, posteriormente, com motor flex.

Volkswagen Gol Last Edition 2022
Plaqueta constatará que a unidade entregue é a de número 42, remetendo ao tempo do Gol à venda (Divulgação/Volkswagen)

Na prática, a tecnologia blockchain será aplicada apenas à imagem digital, uma vez que o automóvel será faturado de maneira convencional e pelo preço de R$ 90.990. O sinal de R$ 5.000 e o excedente do lance, de R$ 154.000, entretanto, são obrigatórios para o direito de compra do carro.

Continua após a publicidade

Dado isso, é possível dizer que a Volkswagen vendeu essa unidade do Gol pelo equivalente a quase dois Gol 1.0 básicos, que custa R$ 78.000, cada. A Volkswagen não anunciou uma destinação especial para o dinheiro arrecadado.

Contrato inteligente do NFT garantirá ao comprador a propriedade dessa imagem. O rascunho, feito por José Carlos Pavone, também virará um cartaz autografado
Contrato inteligente do NFT garantirá ao comprador a propriedade dessa imagem. O rascunho, feito por José Carlos Pavone, também virará um cartaz autografado (José Carlos Pavone/Reprodução)

Preço dos VW Gol mais caros da história

Um valor tão alto por aquele que ainda é o Volkswagen mais barato do Brasil (em sua versão de entrada) não é exclusividade do Last Edition. Ao longo da história, as versões esportivas do Gol se destacaram, entre outros aspectos, pelo preço elevado.

Continua após a publicidade

Em fevereiro de 1989, realizamos o icônico comparativo de dois modelos “voadores”, os Gol GTS e GTi. Com motor AP 1800 de 106 cv (99 cv, oficialmente) e 14,9 kgfm, o Gol GTS, esportivo, custaria hoje em dia R$ 157.928, corrigindo seus 14.518 cruzados novos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Em fevereiro de 1989, Gol GTS e a novidade GTi voaram baixo na revista
Corrigindo os valores, Gol GTi (dir.) superaria com folga o preço do Gol Last Edition de número 42 (Pedro Rubens/Quatro Rodas)

Ainda mais esportivo, o Gol GTi 2.0, com 120 cv e 18,3 kgfm, era muito mais caro, saindo a 22.535 cruzados novos, equivalentes a surreais R$ 245.138 nos dias de hoje. Preço que ainda incluía bancos com encosto de cabeça vazado, vidros e retrovisores elétricos e mostradores na cor vermelha, entre outros detalhes.

Continua após a publicidade

Outra versão nada popular em termos de preço foi o Gol GT, que testamos em 1986: com base no valor de tabela de maio de 1984, o modelo que salvou a primeira geração do Gol do fracasso, com estilo e novo motor 1.8, saía por R$ 133.878.

O visual esportivo do Gol GT o diferenciava das demais versões
Volkswagen Gol GT é outro que, de popular, só a simpatia (Christian Castanho/Quatro Rodas)

Pacote completo

Além da imagem e do automóvel, o vencedor do leilão do Gol Last Edition será bem mimado pela VW. O valor pago inclui visita ao acervo de modelos clássicos da marca, na fábrica de São Bernardo do Campo (SP). Também haverá almoço no Polo Restaurante, dentro da planta industrial e um cartaz físico da imagem ligada ao NFT, autografado pelo próprio José Carlos Pavone.

Continua após a publicidade

Caso o comprador seja de fora de São Paulo, também há ajuda de custo de até R$ 3.000 com passagem e hospedagem.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Os automóveis estão mudando.
O tempo todo.

Acompanhe por QUATRO RODAS.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.