Clique e assine por apenas 8,90/mês

Toyota é obrigada a pagar US$ 11 milhões por acidente fatal

Juri Federal de Minesota considera que há falhas no Camry 1996

Por Diogo Patroni - Atualizado em 9 nov 2016, 14h19 - Publicado em 4 fev 2015, 17h27
seguranca

A Toyota foi condenada pelo juri Federal de Minesota, Estados Unidos, a pagar US$ 11 milhões, por conta de um acidente envolvendo um de seus modelos Camry 1996. Na ocasião, o pedal do acelerador do carro dirigido Koua Fong Lee travou, o veículo se chocou violentamente contra um Oldsmobile Cutlass Ciera. O motorista do Ciera, bem como os dois filhos de Lee morreram, enquanto outros dois ocupantes ficaram gravemente feridos.

Considerado culpado, Lee ficou preso por três anos até que um recall de aceleração “involuntária” foi convocado pela Toyota. Em 2006, o motorista entrou com uma ação judicial, junto com a família das vítimas, contra a montadora. Após 11 anos, o juiz considerou que a Toyota tem 60% de culpa pelo ocorrido, enquanto Lee responde pelos outros 40%.

A montadora japonesa declarou em comunicado que respeita a decisão do juri, mas promete estudar o caso e recorrer da sentença, uma vez que Koua Fong Lee, por ser inexperiente, pode ter confundindo os pedais de freio e acelerador. Já o advogado do motorista alega defeito no projeto do Camry, além de falta de testes de confiabilidade.

Publicidade