Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Top Ten: segredos bem guardados (até demais)

Dez segredos antecipados por QUATRO RODAS que nunca se materializaram

Por Redação
Atualizado em 28 Maio 2018, 00h34 - Publicado em 8 mar 2016, 17h50

Primeiro Polo

VW Polo
VW Polo (Acervo/Quatro Rodas)

“Mini-Fusca”, “Mini-Volks”, “VW 800”… Apelido não faltou ao substituto do Fusca. O Polo, então na primeira geração, era a promessa de um VW moderno, dizia a QUATRO RODAS de agosto de 1973. Não vingou e acabamos com um carro 100% nacional, o Gol, em 1980.

Porsche 914

Porsche 914

Esportivo vendido pela VW ou Porsche, dependia do mercado, o alemão 914 foi cogitado para virar brasileiro. “Um protótipo já está sendo construído na fábrica 2 da Volkswagen no Ipiranga, em São Paulo”, dizia QUATRO RODAS de novembro de 1971. Mas a marca preferiu produzir outro esportivo, um tanto menos glamouroso, o SP-2.

Continua após a publicidade

Primeiro Fiesta

Ford Fiesta

Em abril de 1974, as fotos dos protótipos do “Mini-Ford” estavam na revista. Falava-se em estrear por aqui no Salão do Automóvel de 1976, quando ele também surgiu na Europa. Era a primeira geração do Fiesta, modelo que só seria nacionalizado 20 anos depois.

Primeiro Corsa

Opel Corsa

Continua após a publicidade

Em janeiro de 1984, o provável sucessor do Chevette não seguiria a ordem europeia, que indicava o Kadett. Seria seu irmão menor, o Corsa, mais novo. Demorou três anos e veio mesmo o Kadett. O Corsa seria lançado em 1994, mas aí já era a segunda geração.

Opel Senator

Opel Senator

Continua após a publicidade

Chamado de novo Opala em 1989, quando a QUATRO RODAS o flagrou em testes, este não ficou tão longe da realidade. O Senator era o topo de linha da Opel e quase um Omega (que cumpriria essa função em 1992), mas com motor V6 e porta traseira e lanterna diferentes.

Alfasud

Alfasud

A FNM e, depois, a Alfa Romeo, sempre foram por aqui marcas de um carro só. O Alfasud seria um Alfa moderno, mais acessível, menor que o Fusca. A previsão era chegar em 1974, quando se falou numa nova fábrica só para montá-lo no Brasil. Ficou na previsão.

Continua após a publicidade

Perua 1800

Dodge 1800 perua

Estar no Salão do Automóvel de 1974 só reforçou a ideia de que a perua 1800 seria feita no país. De fato, era um protótipo produzido aqui a partir da Hillman Avenger Estate De Luxe, a perua do carro inglês que originou nosso Dodginho, com seu desenho ao estilo da Caravan.

Ford Sierra

Ford Sierra

Continua após a publicidade

No Brasil, o Sierra seria páreo para o Monza. Na Europa, oferecia motores de 1,3 a 2 litros, enquanto aqui ele poderia usar o CHT 1.6 do Escort e até o 2.3, já usado no Maverick. Ele apareceu em testes, virou boato, mas só o mercado argentino recebeu o Sierra sul-americano.

Mini Puma

Mini Puma

Com o status da Puma na época, ele poderia ter sido o Smart dos anos 70. Foi o que muitos sonharam após vê-lo em destaque no Salão do Automóvel de 1974 com a promessa de fazer 20 km/l. A ideia foi resgatada em 1982, porém nunca passou do protótipo.

Perua Monza

Perua Monza

QUATRO RODAS furou o esquema de segurança de uma pesquisa de clínica da GM para mostrar em dezembro de 1982, a perua Monza, prevista para 1983. Até houve na capa de julho de 1985 uma perua Monza – transformação da Envemo. A oficial mesmo nunca deu as caras.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.