Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Top Ten: nomes e emblemas que já foram motivo de orgulho

16V, turbo, 2.0, injeção eletrônica, automático... eles já significaram sofisticação e performance, mas hoje ninguém dá muita bola

Por Da Redação
Atualizado em 29 jun 2018, 11h46 - Publicado em 15 dez 2016, 13h46

AUTOMÁTICO DE 4 MARCHAS

Chevrolet Opala Diplomata
Chevrolet Opala Diplomata (Acervo/Quatro Rodas)

O Automatic-4 que o Opala adotou em 1988 trazia boas referências – era usado pela BMW e pela Jaguar. O padrão dos automáticos de então eram três marchas. Hoje quem tem esconde, como o Toyota Etios e o Renault Duster.

INJEÇÃO ELETRÔNICA

VW Gol GTi
VW Gol GTi (Acervo/Quatro Rodas)

No início ela era restrita a carros mais caros, como o pioneiro Gol GTi (1989) e o Santana 2000 i Executivo e o Monza 2.0i 500 EF (1990). Quando o “i” ficou comum, o jeito foi destacar o tipo de injeção, como a multiponto MPFI dos Chevrolet.

Continua após a publicidade

ÁLCOOL

Ford Corcel II
Ford Corcel II (Acervo/Quatro Rodas)

O primeiro carro a álcool de série no Brasil foi o Fiat 147, de 1979. Mas, das plaquetas que identificavam a novidade, marcou época a do Ford Corcel II, com as gotinhas azuis em degradê. Para orientar o frentista, o bocal do tanque tinha o adesivo “álcool hidratado”.

TURBO

Fiat Tempra Turbo
Fiat Tempra Turbo (Acervo)

Era a pura tradução de esportividade. Chegou aos nacionais de passeio com o Uno em 1994 – a Ford F-1000 a diesel tinha desde 1991. Depois a Fiat usaria o emblema na grade do Tempra. Atualmente as marcas usam denominações como TFSI, EcoBoost e THP – e muitos nem sabem que ali há um turbo escondido.

IGNIÇÃO ELETRÔNICA

Fiat Uno Mille Electronic
Fiat Uno Mille Electronic (Acervo/Quatro Rodas)

Em 1992, o Mille estava no auge e a injeção eletrônica era o que havia de mais sofisticado. Muita gente teve Mille Electronic, de 1993, sem saber que ele usava carburador – o “Electronic” era da ignição eletrônica, que aposentou o platinado.

Continua após a publicidade

6 MARCHAS

Fiat Siena com seis marchas
Fiat Siena com seis marchas (Acervo/Quatro Rodas)

“Seu motor nem parece 1.0”, disse QUATRO RODAS sobre o Siena 6 Marchas, primeiro nacional com esse câmbio, em 1998. Ele melhorou nas subidas e ultrapassagens, mas não vingou no mercado. Nos carros atuais, só a alavanca revela que lá existem seis marchas.

16 VÁLVULAS

Fiat Tempra HLX 16V
Fiat Tempra HLX 16V (Acervo/Quatro Rodas)

A sigla ressaltava o desempenho do Tempra mais luxuoso, que em 1993 foi o primeiro nacional com quatro válvulas por cilindro. Hoje nem mesmo os 1.0 utilizam o termo. Alguns, como o Firefly da Fiat, inclusive optaram por voltar às duas válvulas por cilindro. Outros, com três cilindros, somam 12 válvulas – algo que já não soa com tanta força.

FLEX

VW Gol 1.6 Total Flex
VW Gol 1.6 Total Flex (Acervo/Quatro Rodas)

Para marcar a revolução que surgiu em 2003, os pioneiros festejaram com nomes pomposos: Total Flex (VW), Flexpower e Econo.Flex (Chevrolet) e Hi-Flex (Renault). Os que vieram depois encolheram para apenas Flex. Hoje alguns, como o Uno, nem avisam mais.

Continua após a publicidade

TRAÇÃO 4X4

Ford Pampa 4x4
Ford Pampa 4×4 (Acervo/Quatro Rodas)

O sistema já foi raro, complexo e caro. Por isso merecia destaque, como na Ford Pampa 4×4, de 1984. Isso foi quase uma década antes da F-1000 oferecer o recurso. Agora são utilizados termos como 4Motion e 4WD –  e você que se vire para saber o que é.

LITRAGEM

Honda Civic EXR 2.0
Honda Civic EXR 2.0 (Acervo/Quatro Rodas)

Durante muito tempo, o volume de um motor era (pelo menos para os leigos) o item mais relevante para ser exibido ao público. A popularização do turbo e da injeção direta acabou com esse status – hoje temos motores 1.0 mais fortes que os 2.0 de poucos anos atrás.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.