Clique e assine por apenas 8,90/mês

Stock Car: Marcos Gomes leva susto, mas se sagra campeão em Interlagos

Apesar de bater na primeira volta, piloto virou primeiro filho de campeão a levar título na categoria

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 23 nov 2016, 20h15 - Publicado em 13 dez 2015, 22h45
Marcos Gomes, campeão da Stock Car
Título coroou temporada quase perfeita do paulista, que é filho de Paulo Gomes

Apesar da chuva que prejudicou os treinos livres, Marcos Gomes foi para a pista de Interlagos tranquilo. Afinal de contas, os números jogavam a seu favor: com uma confortável vantagem de 32 pontos para Cacá Bueno, bastava um 12º lugar para celebrar seu primeiro título na Stock Car sem precisar depender do resultado conquistado pelo rival. Mas toda a tranquilidade quase foi por água abaixo logo na primeira volta da última etapa do campeonato.

A confusão se deu na descida da Curva do Lago. Rafael Suzuki rodou e foi atingido por Rubens Barrichello. Max Wilson e Marcos Gomes não conseguiram evitar o impacto, e o líder do campeonato acabou na barreira de pneus. A sorte parecia estar ao lado de Gomes quando ele conseguiu voltar aos boxes para reparar seu carro, ao mesmo tempo em que Cacá também foi obrigado a parar pelo mesmo motivo de Marcos.

Enquanto a prova recomeçava três voltas depois com o pole Valdeno Brito na liderança, Gomes continuava nos boxes. As chances de retornar à prova diminuíam à medida que o piloto perdia voltas esperando os reparos Para piorar, Cacá já estava na pista tentando correr atrás do prejuízo. Novos acidentes aconteciam, envolvendo nomes como Luciano Burti, Felipe Lapenna, Ricardo Maurício e Daniel Serra. Gomes voltaria à pista apenas na oitava volta, ficando seis voltas atrás dos líderes. Lá na frente, Átila Abreu assumia a liderança após Valdeno abandonar a prova. Na volta 12, Cacá estava apenas em 15º, sofrendo com os danos na dianteira de seu carro que atrapalhavam seu rendimento.

O tempo foi passando e nem as janelas de pit-stops aliviaram a situação de Cacá. A duas voltas do fim, Bueno era apenas o 21º colocado, dando adeus às chances de conquistar o hexacampeonato da Stock Car. O título ficava nas mãos de Gomes, que, após realizar uma temporada quase perfeita, fez história ao se tornar o primeiro filho de campeão a conquistar um título na Stock Car, justamente na mesma pista onde seu pai Paulo Gomes cansou de celebrar vitórias.

Continua após a publicidade

A vitória ficou com Átila, mas a festa foi da Voxx Racing, que, além de coroar Marcos Gomes, comemorou o título de construtores juntamente com seu outro piloto, Felipe Fraga, que subiu ao pódio em Interlagos ao cruzar a linha de chegada em terceiro lugar.

Publicidade