Clique e assine por apenas 8,90/mês

SP pode abolir multa de rodízio para não reincidentes

Projeto ainda precisa ser aprovado em segunda votação

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 12h21 - Publicado em 4 abr 2013, 19h53
geral

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em primeira votação, o fim da cobrança de multa de rodízio para motoristas que não forem reincidentes. Em vez do pagamento de multa, a proposta sugere uma advertência por escrito. A punição financeira só seria dada caso o condutor volte a ser multado em um prazo de até 12 meses.

O projeto ainda precisa ser aprovado em segunda votação antes de ser encaminhado ao prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), que terá autonomia para sancioná-lo ou não. Apesar do possível fim da cobrança da multa, os quatro pontos referentes à infração seguirão sendo computados na Carteira Nacional de Habilitação.

O vereador Mario Covas Neto, autor do projeto, afirmou que seu projeto “objetiva, simultaneamente, a educação do motorista e a compreensão da Prefeitura”, alegando que “ao abrir mão do dinheiro da multa, passa a entender que nem sempre o cidadão infringe a lei porque quer”.

Atualmente, além dos pontos descontados na CNH, o infrator precisa pagar uma multa de 85,13 reais.

Publicidade