Sem derrapar

Bosch apresenta sistema de freios ABS para motos pequenas

Freios ABS Freios ABS

Freios ABS (/)

A Bosch apresentou hoje (24/07) em sua fábrica de Campinas, SP, o primeiro sistema de freios antiblocantes ABS especificamente desenvolvido para motocicletas (ao contrário dos até hoje existentes, adaptações de sistemas automobilísticos mais leves. O equipamento é de última geração tecnológica (a 9ª), fabricado no Japão e Tailândia. Só será produzido no Brasil se houver demanda suficiente para justificar o investimento.

Com apenas 700 gramas, o novo sistema tem quase a metade do peso das unidades até então aplicadas em motocicletas e é especialmente indicado para modelos de cilindrada inferior a 250 cc. A empresa de origem alemã lançou seu primeiro ABS para motos em 1994 e o desenvolvimento de um produto específico para as duas rodas teve início em 2010. Ele está disponível em três versões, com um canal (para atuação apenas no freio dianteiro, versão que pode ser aplicada em motos com freio traseiro a tambor, por exemplo), dois (atuando nas duas rodas) e três, para triciclos. Apesar de não fornecer números precisos, a empresa estima que a adoção de seu produto pode encarecer um modelo popular em algo em torno de 600 a 900 reais no preço final.

Para apoiar seu lançamento no Brasil, a Bosch contratou uma ampla pesquisa sobre o interesse e o conhecimento dos motociclistas em relação ao ABS. Ouviu 750 usuários de moto, 450 no Brasil e 300 na Argentina, distribuídos sócio-economicamente – e por marca de moto – de forma a espelhar os mercados. A pesquisa indica que 40% dos entrevistados relatam frear com menos vigor do que gostariam, por medo de derrapagens inesperadas, e 86% consideram a frenagem em pânico a situação mais perigosa sobre uma moto.

A empresa alemã divulgou dados do departamento de segurança viária da Suécia (de outubro de 2009) segundo os quais 38% de todos os acidentes com motocicleta com ferimentos e 48% de todos os acidentes graves e fatais poderiam ser evitados com a adoção de ABS nas motocicletas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s