Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Seguro de carro para divorciados é até 19% mais caro que para solteiros

Número maior de incidência de sinistros é a justificativa para diferenças no valor das apólices

Por Anaís Motta Atualizado em 9 nov 2016, 14h44 - Publicado em 10 nov 2015, 16h50
seguranca

A notícia não é boa – pelo menos para alguns leitores do sexo masculino. Em um levantamento feito pela corretora ComparaOnline, foi verificado que homens divorciados pagam em média 10% mais caro que os solteiros no valor do seguro do carro, e essa diferença entre os dois pode chegar até a 19% se o azarado em questão for dono de um Fiat Palio.

De acordo com Gutemberg Fragoso, CMO da ComparaOnline, o principal motivo para que isso ocorra é a diferença entre o número de incidências dos sinistros dos dois perfis masculinos. “Entre os divorciados é muito maior que entre os solteiros”, explica. Depois do Palio, Toyota Corolla e Fiat Uno são os modelos mais ingratos aos donos que se separaram, que pagam, respectivamente, 15% e 14% a mais do que os solteiros.

Nem tudo está perdido para o time dos divorciados, no entanto. A pesquisa também apontou quais modelos têm valores de apólice de seguro pouco influenciáveis pelo status de relacionamento de seus proprietários, e, no caso do Volkswagen Crossfox e do Renault Sandero, por exemplo, a variação nos preços foi de apenas 1% e 3%, nesta ordem.

Confira os valores dos seguros levantados pelo estudo:

VEÍCULO DIVORCIADO (R$) SOLTEIRO (R$) VARIAÇÃO

Corolla 4.916 4.257 15% Crossfox 3.469 3.437 1% Gol 2.647 2.530 5% HB20 3.867 3.471 11% Ka 2.228 2.114 8% Palio 3.149 2.647 19% Sandero 2.684 2.608 3% Uno 3.003 2.632 14% MÉDIA 3.253 2.962 10%

LEIA TAMBÉM:– Veja os valores médios de seguro dos mais vendidos em seis capitais– HR-V tem o seguro mais barato dos novos SUVs; Renegade é o mais caro

– Seguros: idades diferentes, valores diferentes

Continua após a publicidade

Publicidade