Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Russos fazem velha van da Ford virar uma insana F-150 Raptor de seis rodas

Empresa de customização do gigante eusoasiático transforma velha van Econoline em um dos utilitários mais insanos que você já viu

Por Leonardo Felix Atualizado em 19 Maio 2020, 17h50 - Publicado em 19 Maio 2020, 16h47
Instagram/Reprodução

O mundo da customização automotiva pode reservar soluções verdadeiramente criativas e surpreendentes.

Veja o caso dos russos da empresa Ford Market, especializada em modificar veículos da marca americana do logotipo oval azul.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Eles transformaram uma van da família Série E com 30 anos de vida em um insano utilitário off-road com seis rodas, tração 6×6 e dianteira transplantada da picapona F-150. Mas não a contemporânea da van, e sim a atual F-150.

Qual o objetivo? Aparentemente, apenas provar que era possível.

A van Econoline quando chegou à Ford Market Instagram/Reprodução

Tudo começou quando, em julho do ano passado, os preparadores pegaram uma van Econoline 350 ano/modelo 1990 e iniciaram uma preparação off-road da van.

Quem diria que esta singela van viraria um monstro? Instagram/Reprodução

Com carroceria estendida, ela já vinha equipada com um motorzão V8 a diesel de 7,3 litros e um câmbio automático de quatro marchas.

Continua após a publicidade
A primeira etapa da preparação Instagram/Reprodução

Primeiro, ela foi transformada num utilitário off-road com exagerados pneus de uso na terra, suspensões bem elevadas, extensores das caixas de roda e luzes de longo alcance no teto.

Assim terminou a primeira etapa do projeto Instagram/Reprodução

Ainda em 2019, recebeu a “cara” da F-150 moderna e um conjunto de suspensões e rodas/pneus ainda maiores.

A frente da F-150 Raptor e as suspensões, rodas e pneus ainda mais brutais vieram ainda com quatro rodas Instagram/Reprodução

A partir de fevereiro deste ano, ganhou a aplicação do segundo eixo traseiro, com direito a diferencial para formar um veículo de tração 6×6.

Aos poucos, van foi ficando cada vez mais alta e comprida Instagram/Reprodução

Para finalizar, uma pintura vermelha e novos extensores para as caixas de roda foram aplicados à carroceria. Após dez meses de trabalho, o monstro ficou definitivamente pronto agora em maio.

Resultado quase final, restando apenas os pneus e rodas Instagram/Reprodução

Os preparadores só não informarem se realizaram alguma modificação no “veoitão” da van, que originalmente rende 250 cv de potência e 69,8 kgfm de torque.

  • Também não disseram como a terceira porta, corrediça, passará a ser aberta, já que as molduras das caixas de roda não permitem mais que ela deslize para trás.

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade