Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Rolls-Royce planeja expansão fora da Europa

Número de revendas deve chegar a 120

Por Vitor Matsubara Atualizado em 9 nov 2016, 12h10 - Publicado em 3 dez 2012, 15h55
fabricantes

A Rolls-Royce pretende aumentar o número de revendas pelo mundo em 14% nos próximos cinco anos, baseado no crescimento de clientes da marca pelos quatro cantos do planeta.

A marca de luxo quer ampliar sua rede de concessionárias dos atuais 105 pontos de venda para 120, com o intuito de atender clientes de países como Chile, Tailândia e Vietnã, que até então não foram afetados pela crise na Europa. Recentemente, a Rolls-Royce abriu sua primeira revenda oficial no Brasil, situada em um bairro nobre de São Paulo.

A nova geração do sedã Phantom é a grande esperança da empresa. Com ele, a marca espera bater recorde de vendas pelo segundo ano consecutivo. Em 2011, a Rolls-Royce vendeu 3.538 unidades pelo mundo. Além do Phantom (cujo preço parte de 380 mil dólares), a linha de automóveis também é formada pelo Ghost, vendido a partir de 246.500 dólares.

No terceiro trimestre deste ano, as vendas da Rolls-Royce despencaram 14%, chegando a 726 unidades vendidas no período. Entre janeiro e setembro deste ano, a marca amargou uma queda de 4,7% nos resultados, vendendo 2.326 veículos.

Continua após a publicidade

Publicidade