Clique e assine por apenas 5,90/mês

Rodovias de SP estão sem radares fixos inteligentes há sete meses

Contrato de locação e operação venceu em abril; DER não diz quando serviço voltará a funcionar

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 14h46 - Publicado em 7 dez 2015, 19h10
geral

Os 42 radares fixos inteligentes instalados nas principais rodovias de São Paulo não estão funcionando há sete meses. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o contrato de locação e operação dos equipamentos venceu em abril e não foi renovado.

Este tipo de radar, também chamado de LAP (Leitura Automática de Placas), é capaz de identificar as placas e consultar o banco de dados da Polícia Militar Rodoviária de todo o país. Além das multas de velocidade, ele pode detectar se o veículo é roubado, furtado, se possui licenciamento atrasado ou alguma pendência judicial, acionando a Polícia para a abordagem do veículo suspeito em questão de segundos.

Eles formam apenas uma fração de todos os radares instalados nas rodovias paulistanas. Estima-se que o número de radares fixos e móveis nas rodovias públicas e privadas (sob concessão) chege a nada menos que 800 em todo o estado. Ou seja: se você leu esta notícia e se animou a acelerar além do permitido, melhor pensar duas vezes.

LEIA MAIS:

– Mortes no trânsito em São Paulo caem pela metade em setembro

– “Proteste” lança abaixo-assinado para tornar controle de estabilidade obrigatório

– Seguro de carro para divorciados é até 19% mais caro que para solteiros

Continua após a publicidade
Publicidade