Clique e assine por apenas 8,90/mês

Renault produzirá Captur no Brasil já em 2015, diz site

Modelo ficará acima do Duster, do qual utilizará a plataforma

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 14h43 - Publicado em 22 out 2015, 15h00
segredo

A Renault prepara a chegada de mais um modelo para sua gama no mercado brasileiro. Trata-se do utilitário Captur, que, de acordo com o site Autoblog Argentina, começará a ser produzido por aqui nas últimas semanas deste ano. Ainda segundo a publicação, o Captur nacional ficará num patamar superior ao do Duster, mas terá vários aspectos em comum com o SUV que já é fabricado e vendido no país.

644_captur_02.jpeg

O primeiro é a plataforma (a mesma de Sandero e Logan também) em si, que será compartilhada. A medida se deve à redução dos custos envolvidos no projeto, já que, originalmente, o Captur é construído com base na arquitetura da quarta geração do Clio, modelo mais vendido do mercado francês. Além disso, as opções de motorização devem ser mantidas, com ênfase na 2.0 de quatro cilindros (142 cavalos de potência quando abastecido com etanol e 138 cv com gasolina).

Por outro lado, o Captur brasileiro deve estar disponível com uma característica não abrangida pelo Duster: uma versão de sete lugares, denominada neste caso de Grand Captur, com perfil eminentemente familiar. Em todas as suas versões, o utilitário contará com sistema de tração dianteira, sem opção de tração integral – diferente do Duster, disponível em configurações 4×4.

644_captur_07.jpeg

Ainda sem confirmação oficial por parte da Renault a respeito de sua chegada, o Captur será posicionado no mercado de modo a rivalizar com modelos muito bem-sucedidos no Brasil em 2015, como o Honda HR-V e o Jeep Renegade. A tendência é de que ele se diferencie do Duster pelo visual mais refinado e pela presença de mais itens tecnológicos – tal qual o Sandero RS se diferencia das versões convencionais, com controle de estabilidade e tração, por exemplo.

VEJA MAIS– Impressões ao dirigir: Renault Captur– Com Duster Oroch e Sandero R.S, Renault espera crescer no Brasil

Continua após a publicidade
Publicidade