Clique e assine por apenas 8,90/mês

Recall: Fiat chama 200.000 Mobi e Grand Siena por falhas em luzes e airbag

Defeito no sistema de luz de freios e na cobertura do airbag de passageiro motivou, respectivamente, as campanhas de hatch subcompacto e sedã compacto

Por Gabriel Aguiar - Atualizado em 21 fev 2020, 14h34 - Publicado em 21 fev 2020, 14h24
Fiat Mobi 2019
Fiat Mobi Divulgação/Fiat

Tem um Fiat Mobi na garagem – ou conhece algum proprietário? Então é melhor ficar atento, já que 192.534 unidades do hatch foram convocadas pelo fabricante para reparo.

De acordo com a marca, o motivo do recall é um defeito no interruptor das luzes de freio, identificado nas unidades produzidas de 2016 a 2020 e que afeta todas as configurações do hatch.

Por conta da especificação abaixo da correta, o circuito elétrico dessa peça pode sofrer sobrecarga. Há o risco da sinalização não funcionar e provocar acidentes.

Fiat Grand Siena Autos Segredos/Reprodução

O Grand Siena também foi chamado, mas para outra campanha, mas por conta da cobertura do airbag do passageiro. Segundo a Fiat, 11.705 unidades estão envolvidas neste recall.

O fabricante afirma que, nos carros ano/modelo 2019/2020 das versões Attractive 1.0 e 1.4, a peça pode se desprender em colisões, aumentando os riscos de danos físicos.

Como é determinado por lei, o reparo é gratuito. O serviço estará disponível nas concessionárias a partir de 30 de março, para ambos os modelos, têm duração estimada de até 1 hora.

Para consulta, dúvidas e agendamentos, a Fiat indica o site oficial no país, além da Central de Serviços ao Cliente pelo telefone 0800 707 1000 e o WhatsApp (31) 2123-6000.

Continua após a publicidade
Publicidade