Quanto custará o novo Polo com os principais opcionais?

Com o pacote de equipamentos mais completo e pintura metálica, Polo Highline 200 TSI chega a R$ 75.940

Polo mais básico tem motor 1.0 aspirado e custa R$ 49.990

Polo mais básico tem motor 1.0 aspirado e custa R$ 49.990 (Divulgação/Volkswagen)

Os preços do novo Volkswagen Polo são, no mínimo, interessantes. Variam entre R$ 49.990 e R$ 69.190, bem na média de valores cobrados por Hyundai HB20, Fiat Argo e Ford Fiesta. Mas até onde estes valores chegam com todos os pacotes de opcionais?

A versão de entrada, Polo 1.0 MPI, parte dos R$ 49.990 e tem ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas, rádio 2 din com Bluetooth, quatro airbags, Isofix, suporte para smartphone, computador de bordo, regulagem de altura do banco do motorista e chave tipo canivete.

Sem nome, versão de entrada tem roda de aço aro 15″ com calota

Sem nome, versão de entrada tem roda de aço aro 15″ com calota (Divulgação/Volkswagen)

Há dois pacotes de opcionais. O primeiro é o Safety Pack, que custa R$ 1.050 e contempla controles de estabilidade e tração e bloqueio eletrônico do diferencial, além de computador de bordo mais completo.

Rádio da versão de entrada tem Bluetooth e USB

Rádio da versão de entrada tem Bluetooth e USB (Divulgação/Volkswagen)

O segundo pacote, Connect Pack, custa R$ 2.600 mas a Volks pretende aumentar este valor para R$ 3.340 até o ano que vem. Além dos equipamentos do Safety Pack, ele traz rodas de liga leve aro 15″, central multimídia Composition Touch com App-connect e volante multifuncional.

Completo, o Polo 1.0 MPI sai por R$ 52.590. Mas mesmo assim ele continua sem retrovisores externos com ajuste elétrico, sem regulagem de altura da coluna de direção e sem faróis de neblina.

O Polo 1.6 MSI tem exatamente as mesmas limitações e pacotes de opcionais iguais, inclusive com os mesmos valores. A versão que parte dos R$ 54.990 passa a R$ 57.590 com o Connect Pack.

Rodas de liga leve aro 15″ são opcionais do Polo 1.6 MSI

Rodas de liga leve aro 15″ são opcionais do Polo 1.6 MSI (Divulgação/Volkswagen)

Por R$ 65.190, o Polo Comfortline é o mais em conta com motor 1.0 TSI de 128 cv. Tem de série controle de estabilidade com bloqueio eletrônico do diferencial, freios a disco nas quatro rodas, coluna de direção com ajustes de altura e profundidade, faróis de neblina com auxílio em curvas, central multimídia Composition Touch, bancos traseiros bipartidos, rodas de liga leve aro 15, retrovisores elétricos, sensores de estacionamento traseiros, descansa braço dianteiro, volante multifuncional e lanternas escurecidas.

O primeiro pacote de opcionais, Tech 1, custa R$ 2.200 (será R$ 2.990 após a fase de lançamento) e soma sistema keyless, retrovisor interno eletrocrômico, sensores de estacionamento dianteiros, aletas para troca de marchas atrás do volante, farol com ajuste automático de intensidade, rodas de 16 polegadas e piloto automático.

Nas versões de entrada, pacotes opcionais incluem sempre controle de estabilidade

Nas versões de entrada, pacotes opcionais incluem sempre controle de estabilidade (Divulgação/Volkswagen)

O segundo pacote, Tech 2, de R$ 3.500, tem os mesmos equipamentos dos primeiros e ainda soma ar-condicionado digital (de apenas uma zona), câmera de ré, frenagem automática pós-colisão, faróis automáticos, sensores de chuva, detector de fadiga, indicador de pressão dos pneus e detalhes em preto brilhante.

Completo, o Polo Comfortline 200 TSI custa R$ 68.690.

Ar condicionado automático digital tem apenas uma zona de temperatura

Ar condicionado automático digital tem apenas uma zona de temperatura (Divulgação/Volkswagen)

A versão topo de linha Highline parte de R$ 69.190 e, além dos equipamentos da versão Comfortline, tem de série piloto automático, sensores de estacionamento dianteiros, partida do motor por botão, duas portas USB, luzes diurnas em led, ar-condicionado digital, volante revestido de couro e porta-luvas refrigerado.

Central Composition Touch é equipamento de série nas versões Comfortline e Highline

Central Composition Touch é equipamento de série nas versões Comfortline e Highline (Divulgação/Volkswagen)

Para ele, há o pacote Tech High, de R$ 2.800 (R$ 3.585 a partir do final do ano), que soma indicador de pressão dos pneus, retrovisor interno eletrocrômico, sensor de chuva, faróis automáticos, câmera de ré, detector de fadiga, frenagem automática pós-colisão e central multimídia Discover Media com tela sensível ao toque de 8 polegadas, GPS, comandos de voz, sensor de aproximação, USB, Bluetooth e conexão com Android Auto, Apple CarPlay e Mirror Link.

Versão Highline pode receber rodas de liga leve aro 17″

Versão Highline pode receber rodas de liga leve aro 17″ (Divulgação/Volkswagen)

O Technology Pack, de R$ 4.500 (aumentará para R$ 5.990 no final do ano), tem os mesmos equipamentos do Tech High mais rodas de liga leve de 17 polegadas e o tecnológico quadro de instrumentos digital com tela de 10,25 polegadas de alta definição com todas as informações de condução e navegação dispostas em formato personalizável, além da disponibilidade de visualização 2D ou 3D. 

Com tudo o que aparece na foto, o Polo Highline custará R$ 74.490.

Com tudo o que aparece na foto, o Polo Highline custará R$ 74.490. (Divulgação/Volkswagen)

É possível ainda adicionar bancos forrados de couro sintético por mais R$ 800.

Com bancos de couro e o pacote Technology Pack, o Polo Highline chega a R$ 74.490. Mas há como aumentar esse valor com cores. A única gratuita é a preta, mas branco e vermelho sólidos custam R$ 450. As metálicas custam R$ 1.450.

Ou seja: com todos os equipamentos mais pintura metálica (como a Amarelo Curcuma, destaque no lançamento), o novo Polo pode custar até R$ 75.940.

Com tudo a que tem direito, ele deve concorrer com o New Fiesta 1.0 EcoBoost Titanium, por R$ 73.990 (a Ford não trabalha com opcionais), e com o Fiat Argo HGT 1.8 com todos os opcionais (R$ 73.800).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Adriano Rodrigues

    Fiesta com Pintura metálica vai a 75.290,00 e Argo com todos opcionais mais pintura vai a 86.000,00

  2. Ricardo Soares

    Polo me parece ser a melhor opção na faixa mais cara (com ou sem opcionais). O fiesta ainda vai ser reestilizado fim do ano, mas não acredito que vá oferecer tanta tecnologia quanto o Polo. O 208 ainda tem o interior mais bonito, mas falta alguns mimos e um motor mais atual. Acho que tem muito espaço pra VW crescer aí.

  3. Daniel Branquinho

    O novo Polo parece um “Gol” aprimorado.
    Falta criatividade à VW no design.
    O Gol já perdeu a liderança de mercado.
    Não se justifica mais o emprego da máxima “time que está ganhando não se mexe”.
    Os carros da VW já não agradam tanto os consumidores.

  4. Eu tava com um amigo que queria o Polo. Quando ele tava no site VW para fazer aquela prevenda, não tinha opção do painel digital Active Info Display. Por que?

  5. Andre Gessner

    Disse tudo que penso aqui:

  6. Zigfrietz Tazogh

  7. Paulo Junior

    Achei muito bonito o novo Polo, mas compactos chegando a R$75.000, acho demais. O que acontecerá com os hatches médios, então?

  8. Nicelio Melo do Nascimento

    O carro é baixo como está nas fotos, com as ruas e estradas que o Brasileiro tem nossa??

  9. Carlos Minkap

    CADÊ O TETO SOLAR VW ???

  10. Eduardo Mesquita

    Será um TIRO no pé se aumentarem os preços dos pacotes ou dos veículos, principalmente as versões de entrada pois o Fiat Argo que é o maior concorrente do Polo já tem versão de 43 mil.