Clique e assine por apenas 5,90/mês

Procon de Minas Gerais vai investigar falhas do câmbio Powershift da Ford

Queixas sobre o mau funcionamento da transmissão têm sido recorrentes

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 14h41 - Publicado em 23 set 2015, 12h46
fabricantes

Um problema que não é nada recente finalmente parece ter despertado a atenção de um órgão voltado à defesa do consumidor. O site Vrum publicou nesta semana uma matéria em que revela: o Ministério Público de Minas Gerais, por meio do Procon local, investigará as falhas recorrentes relativas ao câmbio Powershift utilizado por vários modelos da Ford.

As principais queixas correspondem a ruídos, trepidações e trocas prematuras de kit de embreagem, além de casos de superaquecimento da transmissão. Segundo a reportagem, os proprietários com carros afetados pelo defeito relatam grande demora por parte da Ford no atendimento e nos reparos, podendo chegar a vários meses.

auto-defesa

Assim, com o aumento de número de casos, o Procon mineiro afirma que pode instaurar procedimento de investigação preliminar envolvendo a montadora. Já a Ford preferiu não comentar o assunto, com respeito a eventuais demandas de qualquer órgão público.

Tal situação já foi retratada por QUATRO RODAS em 2014. Na ocasião, a seção Auto-Defesa abordou o defeito da transmissão relatado por 23 leitores, sendo 20 apenas no New Fiesta. À época, a resposta da Ford foi de que os clientes deveriam procurar a rede de distribuidores da marca para uma análise caso a caso.

VEJA MAIS– Matéria original no Vrum– Auto-Defesa: Defeitos no Ford New Fiesta

Continua após a publicidade
Publicidade