Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Primeiro McLaren Senna dos EUA tem pintura de R$ 2 milhões

Acabamento exclusivo escolhida por milionário ganhou até nome próprio

Por Rodrigo Ribeiro 29 ago 2018, 16h57
Todas as partes visuais do Senna são feitas de plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP) Divulgação/McLaren

Da próxima vez que você chiar com um concessionário por conta de uma pintura especial, lembre-se que um dia alguém pagou US$ 500.000 (ou mais de R$ 2 milhões pela cotação do dia) para deixar um McLaren Senna com fibra de carbono verde.

O autor da proeza foi o empresário Michael Fux. O cubano fez fortuna nos Estados Unidos e é dono de uma coleção de supercarros, muito deles tão customizados quanto o hiperesportivo.

Achou este Senna até que normal? Bem, Fux reservou um detalhe excêntrico para ele. Procure o que é nesta e nas fotos abaixo. Divulgação/McLaren

A carroceria especial foi desenvolvida pela MSO, divisão de veículos customizados da fábrica inglesa. Normalmente as peças de plástico reforçado com fibra de carbono são cobertas com tinta, mas deixá-las expostas requer uma série de vernizes especiais (o que encarece o preço até de um Bugatti Veyron).

Não encontrou? Uma dica: é uma mudança que deixou o carro assimétrico. Divulgação/McLaren

Há, naturalmente, o custo da exclusividade e também da mão-de-obra – no caso do Senna, foram 1.000 horas para produzir e pintar as 67 peças que compõem o visual do modelo.

Continua após a publicidade

Divulgação/McLaren
Fim do mistério. O que Fux fez foi uma homenagem até que discreta aos EUA: os cubos rápidos das rodas do lado direito são azuis e, do lado esquerdo, vermelhas. Divulgação/McLaren

Não à toa, o verde deste Senna foi batizado com o nome se seu proprietário: Fux Green.

Deixar a fibra de carbono aparente já é caro. Pintar de verde, então… Divulgação/McLaren

O Senna verde escuro, inclusive, foi o primeiro a chegar nos Estados Unidos. A McLaren produzirá 500 unidades do hiperesportivo de 800 cv, e duas delas chegarão ao Brasil.

Por aqui o modelo custará estimados R$ 8 milhões. Detalhe: esse valor não inclui eventuais opcionais.

Continua após a publicidade

Publicidade