Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Porsche Cayenne conversível é o protótipo mais estranho que você já viu

Protótipo de 2002 tinha uma lanterna diferente da outra e não podia ser dirigido por não ser seguro

Por João Vitor Ferreira 5 ago 2022, 12h49

“Um SUV conversível é um desafio tanto estética quanto formalmente.” Foi o que disse Michael Mauer, atual designer-chefe da Porsche ao analisar um velho protótipo que está em exibição no museu da montadora. Trata-se de Porsche Cayenne conversível de 2002, quando Mauer ainda não trabalhava na montadora e o SUV fazia sua estreia.

Essa era uma das três variações pro SUV que a Porsche sonhava em fazer um dia. Além da conversível, também constavam nas planilhas dos desenvolvedores uma versão com três fileiras de assentos e 20 cm mais comprida e uma cupê, a única que viu a luz do dia, sendo lançada em 2019.

Porsche Cayenne Cupe Frontal
Porsche/Divulgação

Mesmo com esse protótipo, o Cayenne conversível passou longe de ir para as linhas de montagem, embora a Porsche tenha colocado fé no projeto no início. Esse exemplar, na verdade, nunca pode ser dirigido e é chamado de Modelo de Função de Pacote (ou PFM, na sigla em inglês) e não tem os reforços estruturais necessários na carroceria que um conversível exige, sendo usado apenas para avaliar quatro critérios funcionais e estéticos.

Porsche Cayenne Cupe lateral com capota
Porsche/Divulgação
Porsche Cayenne Cupe sem capota
A Porsche criou um sistema semelhante ao do 911 Targa para recolher a capota, porém ele não foi implementado no protótipo Porsche/Divulgação

Primeiro era o design da traseira. Segundo, o conforto dos assentos, já que o teto tem caimento de cupê na traseira e o para-brisa e pilares A precisaram ser encurtados. O terceiro era a praticidade de um modelo grande com duas portas 20 cm mais longas que as do Cayenne padrão. E o último era a possibilidade de acomodar uma capota de maneira simples e eficiente.

Continua após a publicidade

Porsche Cayenne Cupe traseira tres quartos
Porsche/Divulgação

Falando na capota, para o Cayenne conversível eles pensaram em um sistema semelhante ao atual Porsche 911 Targa. A tampa do porta-malas iria abrir em ambas as direções e a capota seria dobrada em forma de “Z” e seria guardada em um compartimento exclusivo na parte de trás do porta-malas.

Porém, esse sistema existiu apenas nas simulações dos computadores. No protótipo, o teto de tecido tem que ser retirado manualmente.

Porsche Cayenne Cupe traseira
Porsche/Divulgação

Outro problema encontrado foi o design da traseira. A Porsche não se decidia sobre onde ficariam as lanternas. Então a equipe tomou a decisão mais óbvia possível: criou o protótipo com a luz esquerda mais baixa e semelhante a versão padrão, enquanto a direita foi colocada mais no alto.

Porsche Cayenne Cupe interior
Porsche/Divulgação

O resultado é esse protótipo, que independentemente da posição das luzes traseiras, continuaria bem estranho. A Porsche ainda conta que teve dúvidas se o design estava a altura da montadora e que as previsões de lucro não eram muito promissoras.

Agora como peça de museu, o Porsche Cayenne conversível está exposto no Museu da Porsche, em Stuttgart, na Alemanha e é rebocado sempre que precisa aparecer em outro lugar, afinal, ele não é seguro para dirigir.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês