Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Peugeot e Citroën encerram segundo turno de fábrica e desmentem fechamento

Unidade trabalhou em dois turnos por cinco meses e voltará readequada no próximo dia 6; boatos de fechamento circulam nas redes sociais

Por Fernando Pedroso
24 fev 2023, 17h00

A Stellantis, grupo que reúne as marcas Fiat, Jeep, Ram, Citroën e Peugeot, interrompeu o segundo turno de trabalho em sua fábrica em Porto Real (RJ), de onde saem alguns modelos da Citroën e da Peugeot. Com isso, a unidade também encerrou contratos temporários, mas não informou quantos funcionários foram desligados.

Para o lançamento do novo Citroën C3, em agosto do ano passado, foram contratadas 350 pessoas para trabalhar em segundo turno, segundo a agência Autodata. Até então, a unidade só produzia modelos de baixo volume, como Citroën C4 Cactus e Peugeot 2008.

C4 Cactus THP
Citroën C4 Cactus é produzido ao lado do C3, em Porto Real (RJ) (Fernando Pires/Quatro Rodas)

Em nota, a empresa disse que a mudança é para “adaptar o seu ritmo produtivo ao nível de demanda do mercado externo”. A partir do dia 6 de março, a fábrica vai funcionar em um turno único “com maior eficiência e agilidade para melhor responder às demandas de mercado”, diz o comunicado.

A empresa aproveitou para desmentir boatos sobre o fechamento da unidade fluminense, que também produz motores, e classificou a informação que circula em redes sociais de “uma clara fake news“.

Compartilhe essa matéria via:

“A planta continuará a dar sua contribuição para a empresa manter-se na liderança do mercado brasileiro, argentino, chileno e sul-americano. E está preparada para atender ao crescimento do mercado”, disse.

Linha 2023 do Peugeot 2008 ganhou régua traseira em preto, novas rodas e nova pintura em cinza
Recém-atualizado, o Peugeot 2008 é produzido na fábrica fluminense em suas versões a combustão (Divulgação/Peugeot)

Veja a nota completa sobre o fim do segundo turno em Porto Real (RJ)

“A Stellantis readequou o planejamento industrial da unidade de Porto Real, a fim de adaptar o seu ritmo produtivo ao nível de demanda do mercado externo. A unidade passa a concentrar a produção de automóveis em um turno de capacidade ampliada, com maior eficiência e agilidade para melhor responder às demandas de mercado. Em razão desse ajuste, foi necessário antecipar o término dos contratos com prazo determinado e temporário, em sua maioria contratados para atender à necessidade imediata de aumento de produção”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.