Clique e assine com até 75% de desconto

Petrobras eleva preços nas refinarias. Gasolina aumenta 6%; diesel sobe 4%

Com isso, estatal pretende recuperar sua situação financeira

Por Rodrigo Furlan Atualizado em 9 nov 2016, 14h41 - Publicado em 30 set 2015, 09h42
mercado

A Petrobras anunciou na noite de terça-feira (29) o aumento dos preços da gasolina, em 6%, e do diesel, em 4%, nas refinarias. Valendo desde a 0h desta quarta-feira, o reajuste não abrange os tributos federais, como CIDE e PIS/Cofins, nem os tributos estaduais, como o ICMS. O preço do etanol não foi reajustado.

De acordo com nota publicada pela empresa estatal, o objetivo da medida é auxiliar em seu processo de recuperação da situação financeira e permitir que os investimentos previstos possam ser mantidos. De acordo com matéria publicada pela agência Reuters, fontes ligadas à Petrobras também justificaram a medida devido à alta do dólar.

Vale destacar que, em novembro de 2014, também havia ocorrido um aumento nos preços diretamente nas refinarias – na época, 3% para a gasolina e 5% para o diesel. Depois, em janeiro deste ano, o reajuste foi feito nas alíquotas dos impostos dos combustíveis, gerando um aumento de até R$ 0,22 no preço da gasolina e R$ 0,15 do diesel.

Apesar de não haver uma informação oficial sobre o repasse de parte ou da totalidade desse reajuste para os consumidores finais, é de se esperar que isso ocorra. No aumento promovido em novembro do ano passado, o impacto nas bombas dos postos de combustíveis ficou entre 2 e 2,5%.

VEJA MAIS– Alternativas à gasolina– Os 15 países do mundo com a gasolina mais barata

Continua após a publicidade
Publicidade