Os Eleitos 2018: os sedãs médios mais queridos pelos donos

Honda Civic ganhou distância do Chevrolet Cruze e garantiu segunda vitória seguida; Corolla completa a lista

Honda Civic venceu em seu segmento por mais um ano

Honda Civic venceu em seu segmento por mais um ano (Otavio Silveira/Quatro Rodas)

1° – Honda Civic : 100,3

O Civic é bicampeão! Após anos batendo na trave e parando sempre na vice-liderança, o sedã da Honda pegou gostinho e repetiu a vitória do ano passado. A diferença nesta edição, porém, é que ele ganhou com maior facilidade.

Em 2017, a vantagem do sedã japonês em relação ao Cruze era de mísero 0,1 ponto, que subiu para o atual 1 ponto. A rivalidade entre ambos pode ser vista na análise das notas parciais de cada um: o Civic foi o melhor em dez critérios contra nove do Cruze. Contudo, o japonês foi o pior em apenas duas, enquanto o modelo americano decepcionou em oito.

Tudo isso explica por que a distância entre ambos cresceu. As qualidades do campeão que fazem mais sucesso são porta-malas (111,2), espaço interno (107,8), design (104,1) e capacidade de ultrapassagem (102,7). Entre as críticas, duas pesaram mais: preço de compra (85,9) e valor do seguro (92,8).

Pontuação no anterior: 101,2

Os elogios:

  • Espaço interno
  • Porta-malas
  • Design

As críticas;

  • Preço de compra
  • Valor do seguro

“Carro moderno e confiável com motor forte, principalmente na versão Touring. A Honda tem tradição de grande respeito ao consumidor.” Seme Taleb Fares, Brasília (DF)

2° – Chevrolet Cruze: 99,3

Os encantos de um Cruze você sente diretamente no bolso. Não foi à toa que ele foi o melhor da categoria em consumo rodoviário (103,6) e urbano (95,4), custo de seguro (98,1) e preço de compra (92,1).

Também vale ressaltar a ótima nota em quantidade de concessionárias (106,5). Porém, ele tem muito a melhorar em nível de ruído (92,9), durabilidade das peças (93,6) e acabamento interno (94,6).

Pontuação no anterior: 101,1

3° – Toyota Corolla: 98,1

A pontuação geral de 98,1 comprova que o Corolla é um carro que satisfaz muito – ele é o 10º colocado no ranking dos 32 carros. Como deu azar ao dividir o segmento com dois peso-pesados, não passou da terceira colocação entre os sedãs. Mas seus donos estão felizes com a velocidade de arranque (106,8), o espaço do porta-malas (105,5) e o preço de revenda (101,9).

Pontuação no anterior: 98,8

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s