O carro do futuro será feito de… plástico?

Antes restrito ao acabamento, o plástico ganha espaço em partes estruturais do veículo

Novas tecnologias - plástico

Os carros atuais têm em média somente 15% do seu peso feito de plástico. Mas isso está prestes a mudar. Pesquisas estimam que pode chegar a 40% em apenas quatro anos. Se antes o uso desse material avançou nas peças de acabamento, até 2020 ele será adotado nas áreas mais quentes e agressivas, como compartimento do motor e partes estruturais.

“A substituição de peças de aço e alumínio só tem benefícios. Além da redução de peso, o custo de produção cai entre 10% e 50%”, diz Anderson Maróstica, técnico da Lanxess, uma das líderes no fornecimento de polímeros de engenharia. Segundo ele, em dez anos houve um crescimento de 50% na utilização de plásticos nos carros, com o objetivo de diminuir o peso total. “Cada 100 kg de peso reduzido gera uma economia de 0,5 litro de combustível por 100 km rodados.”

Conheça as novas aplicações do plástico, 50% mais leve que o aço e 30% menos que o alumínio.

Suporte de estepe

suporte estepe 2 Suporte de estepe

Suporte de estepe  (/)

Em alguns automóveis, a peça é produzida inteiramente de plástico, mesmo sendo um componente estrutural da carroceria. O recurso vale também para as caixas dos airbags.

Transmissão

Transmissão Transmissão

Transmissão  (/)

A carcaça lateral da caixa de câmbio é de polímero que possui boa resistência e estabilidade térmica, já que a temperatura passa de 100ºC. É aplicada em carros nacionais, como o Chevrolet Onix.

Pedais

Pedal do freio e do acelerador em alumínio do HB20X modelo 2013 Pedais

Pedais  (/)

No Brasil, os pedais de embreagem e acelerador já são 100% produzidos em poliamida. Fora do país, o do freio também é de plástico, o que não é permitido pelas regras brasileiras de homologação.

Para-brisa

Para-brisa Para-brisa

Para-brisa  (/)

A empresa Sabic desenvolve o policarbonato (PC) para substituir os vidros. Além da redução de peso, há benefícios no isolamento térmico, o que reduz a energia gasta nos sistemas de ar-condicionado, ventilação e aquecimento.

Motor

Bloco do motor Bloco do motor

Bloco do motor  (/)

Como há compostos capazes de suportar até 220ºC, o material já é aplicado em coletores de admissão, carcaças de filtro, tanques de radiador, galerias de combustível e bicos injetores.

Front end

Front end Front end

Front end  (/)

Peça onde são montados faróis e radiador, ela agora é feita de poliamida 6, que pesa 40% menos que o aço e ainda apresenta menor tempo de fabricação, mantendo as mesmas propriedades.

Composição atual dos veículos
Aço 57%
Plástico 14%
Alumínio 8%
Vidro 3%
Outros 18%
Aplicação do plástico nos automóveis
Interior 63%
Exterior 15%
Motor 9%
Sistema elétrico 8%
Chassi 5%
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s