Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Novo VW Golf R é o mais poderoso da história, com 320 cv e modo drift

Versão esportiva manteve tração integral e oferece até opção de câmbio manual; aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4,7 s

Por Gabriel Aguiar Atualizado em 4 nov 2020, 14h57 - Publicado em 4 nov 2020, 16h30
Esportivo ganhou 20 cv em relação à geração anterior Divulgação/Volkswagen

O Volkswagen Golf R chega ao mercado europeu como a versão mais potente já feita do hatch: são 320 cv e 42,8 kgfm graças ao motor 2.0 turbo. Só que a receita não fica por aí, pois o hatch também oferece tração integral e até câmbio manual (nos EUA).

Para ter ideia dos avanços, na geração anterior, essa configuração tinha 20 cv e 4,1 kgfm menos. E o novato ainda supera a edição especial Golf GTI Clubsport S, com 310 cv de potência, que teve somente 400 unidades produzidas há mais de quatro anos.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

Para garantir a alegria do motorista, há uma opção “drift” que permite enviar força apenas às rodas necessárias para derrapar. Além dessa configuração, inédita no Golf R, dá para selecionar o modo Race, para as pistas, bem como Sport, Comfort e Individual.

Modelo terá tração integral com opção de modo drift Divulgação/Volkswagen

Os alemães também retrabalharam a suspensão – sempre independente, com McPherson na dianteira e multilink na traseira –, que ficou 2 cm mais baixa comparada às versões comuns. Os sistemas de freios também foram retrabalhados e agora estão maiores.

Acabamento tem revestimento azul e botão R no volante Divulgação/Volkswagen
Continua após a publicidade

Em relação ao visual, o Golf R segue a fórmula discreta já comum à Volkswagen, ainda que inclua detalhes exclusivos, como para-choque dianteiro com novas tomadas de ar, grade com emblema da configuração, difusor de ar traseiro e rodas aro 19 de série.

Revestimento de couro será oferecido como opcional Divulgação/Volkswagen

Ainda mais contida, a cabine se diferencia das demais configurações principalmente pelo acabamento com detalhes azuis no console e nas portas, além do botão R no volante para ativar o modo Race. Já o revestimento em couro será oferecido só como opcional.

Modelo oferece escapamento da grife Akrapovic Divulgação/Volkswagen

De acordo com o fabricante, o modelo acelera de 0 a 100 km km/h em 4,7 segundos com o câmbio automatizado de dupla embreagem com sete marchas – única configuração para a Europa –, enquanto a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 250 km/h.

No Velho Continente, o novo hatch esportivo já está em pré-venda, ainda que as entregas estejam programadas só para 2021 (e sequer há preço confirmado). Nos EUA, chegará no fim do próximo ano. Já para o Brasil, ainda não há nenhuma previsão para a vinda.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

 

Continua após a publicidade

Publicidade