Clique e assine por apenas 8,90/mês

Nova geração do Range Rover Evoque é apresentada oficialmente

SUV ganhou visual parecido com o do Velar, nova plataforma e passa a contar com uma versão híbrida leve

Por Thais Villaça - Atualizado em 22 nov 2018, 20h15 - Publicado em 22 nov 2018, 16h31
Nova geração do Evoque se assemelha bastante ao Velar Land Rover/Divulgação

Após o vazamento antecipado das fotos do novo Range Rover Evoque, a Land Rover apresentou o modelo oficialmente em Londres.

Sete anos após sua estreia mundial, o carro ficou bastante parecido com o “irmão maior” Velar, a ponto de ter ganhado o apelido “Veloque” nas redes sociais.

O espaço internou aumentou 20 mm e o porta-malas passou de 575 l para 591 l Land Rover/Divulgação

A dianteira manteve os faróis afilados e uma grade mais estreita, além de entradas de ar idênticas às do Velar.

Já a traseira trouxe mais diferenças, com lanternas mais longas e finas, novo para-choque e o nome Range Rover em uma régua que liga as duas lanternas. Mais uma vez, a inspiração no Velar é nítida. O balanço traseiro mais curto, porém, deixa o desenho mais harmonioso.

Continua após a publicidade
Linha de motores foi mantida, mas modelo ganha uma versão híbrida leve Land Rover/Divulgação

Em termos técnicos, o Evoque traz usa nova plataforma chamada PTA (Premium Transverse Architecture). O entre-eixos foi alongado, resultando em aumento de 20 mm no espaço interno.

A linha de motores foi mantida, com versões 2.0 a diesel com potências de 150 cv e 180 cv e 2.0 a gasolina, que entregam de 240 cv e 300 cv. Todas as opções mantêm o câmbio automático de nove marchas.

Interior tem novo volante e ganhou duas telas para configuração do carro Land Rover/Divulgação

Uma das grandes novidades para o modelo será a introdução na linha de uma versão com tecnologia híbrida leve (mild-hybrid) de 48 volts, que ajuda na economia de combustível e a diminuir as emissões, mas sem ser considerado um híbrido completo.

Lanternas ficaram mais finas, assim como no Velar Land Rover/Divulgação

A marca anunciou que em cerca de um ano deve apresentar uma opção híbrida plug-in, sendo o primeiro Land Rover nessa categoria.

Continua após a publicidade

Por dentro, o carro recebeu novo volante herdado do Velar, painel de instrumentos digital e duas telas de comando, uma para o sistema de infotenimento e outra para comandos de conforto, como ar-condicionado.

O porta-malas também teve a capacidade aumentada, de 575 para 591 litros – chegando a 1.383 litros com os bancos rebatidos.

O carro chega às concessionárias no primeiro semestre do ano que vem.

Publicidade