Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Nova geração do Mitsubishi Outlander tem cara de conceito e base Nissan

Nova geração do SUV médio usa a mesma base do Nissan X-Trail e pode herdar motor 2.5 de 197 cv dele

Por Henrique Rodriguez 9 dez 2020, 11h53
Flagra Outlander 2022
Reprodução/Internet

Pela programação da Mitsubishi, a nova geração do Outlader só seria apresentada no primeiro trimestre de 2021. Mas um flagra feito em um estacionamento e publicado pelo All Car News acabou com a surpresa. Ainda bem!

A atual geração do Mitsubishi Outlander foi lançada em 2012 e teve reestilização prematura em 2015 para corrigir um design que não foi tão bem aceito.

Black Friday na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 7,90

Agora o Outlander 2022 surge com design muito fiel ao conceito Engelberg Tourer, apresentado no Salão de Genebra de 2019.

Flagra Outlander 2022
Reprodução/Internet

A grade elevada e alinhada com as luzes de posição de leds, com faróis full led em bloco independente logo abaixo, vieram diretamente do protótipo. Vincos laterais, coluna A preta, a peça no topo da coluna C interligando os vidros laterais e o vigia traseiro, e as lanternas traseira seguem o estilo do protótipo mostrado no salão suíço.

Continua após a publicidade

O que o design impactante esconde é que a nova geração do Outlander será o primeiro Mitsubishi baseado em plataforma da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi focada em SUVs. É exatamente a mesma base do novo Nissan X-Trail.

mitsubishi-outlander-engelberg-toure
Divulgação/Mitsubishi

Isso permitirá a adoção de novas tecnologias de segurança. Um bom exemplo é que a frenagem autônoma de emergência, hoje restrita às versões mais caras do SUV médio.

As informações sobre motorização hoje se limitam à versão híbrida PHEV, que combina motor 2.4 e um elétrico, que terá bateria maior para aumentar a autonomia elétrica de 50 para 70 km.

mitsubishi-outlander-engelberg-tourer-5
Divulgação/Mitsubishi

Há expectativa pelo motor 2.5 do X-Trail, com 197 cv e também pelo 1.5 turbo do Eclipse Cross, com 165 cv, em substituição ao atual 2.0 aspirado de 160 cv nas versões de entrada.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa 739

Continua após a publicidade
Publicidade