Clique e assine por apenas 8,90/mês

“Não estamos no segmento de carros”, diz CEO da Rolls-Royce

Müller-Ötvös diz que modelos da marca são itens de luxo

Por Rodrigo Furlan - Atualizado em 9 nov 2016, 13h58 - Publicado em 14 ago 2014, 14h20
fabricantes

Se você pensa que a Rolls-Royce é uma empresa do ramo automotivo, é possível que esteja interpretando a postura da marca de modo equivocado. Afinal, de acordo com o CEO da montadora, os modelos produzidos por ela são, na verdade, itens de luxo.

Falando a diversos sites internacionais, como o AutoGuide, Törsten Müller-Ötvös explicou que os carros da Rolls-Royce são considerado pelos seus compradores como “presentes, recompensas, celebrações”. Por conta disso, a fabricante não revela os números relativos às suas vendas, já que “não são importantes” no contexto.

“Se você disser aos nossos clientes que temos metas ambiciosas de crescimento de vendas, eles ficarão preocupados”, admitiu Müller-Ötvös, explicando que o prestígio da Rolls-Royce está justamente na exclusividade.

Publicidade