Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Motor a diesel de 110.430 cv e 775.376 kgfm roda a 100 rpm e bate recordes

Feito para os maiores navios do mundo, finlandês Wärtsilä RT-flex96C redefine ordem de grandeza dos motores a diesel

Por João Vitor Ferreira 11 jun 2021, 11h46
maior motor do mundo 3
O RT-flex96C existe em diferentes versões, indo de seis a 14 cilindros. Divulgação/Internet

Esqueça tudo que você já viu neste site sobre motores poderosos, pois o RT-flex96C, da Wärtsilä Corporation, faz qualquer outro concorrente parecer um motor de subcompacto diante de sua extravagância e exagero.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Ele é nada mais nada menos que o maior e mais potente motor a diesel do mundo, também atingindo patamares astronômicos em outros aspectos. Claro que, com suas 2.300 toneladas, ele não é feito para caminhões ou grandes picapes, mas gigantescos navios mercantis que transportam contêineres e petróleo pelos oceanos.

Dois-tempos, o motor é um turbodiesel de 25.480 litros e 14 cilindros, em atividade desde 2006. À época de sua concepção, eram raros motores navais com mais de 12 cilindros, mas a finlandesa Wärtsilä, percebendo que o crescimento das novas embarcações demandaria força até então inédita, escolheu ousar.

Continua após a publicidade
O RT-flex96C existe em diferentes versões, indo de 6 a 14 cilindros.
Esse motor possui torque duas mil e cem vezes maior do que o motor do Scania 770 S V8, o caminhão mais potente do mundo. Reprodução/Internet

Para ter uma noção do tamanho, o RT-flex96C tem altura equivalente à de um prédio de quatro andares: ao todo são 13,5 metros de altura por 26 de comprimento.

Fazendo jus à sua vocação, o motor entrou em serviço no maior navio mercantil do mundo, o Emma Mærsk, de 397 metros de comprimento e capacidade para mais de 14 mil contêineres. Para conseguir locomover tanto peso, o RT-flex96C produz insanos 110.430 cv e 775.376 kgfm, criados pela queima de diesel marítimo ou óleo combustível pesado.

Outro número extravagante — dessa vez para menos — são as rotações por minuto. Comparado aos motores convencionais, o colosso gira em bem lento: cerca de 92 a 108 rpm, com redline em míseros 120 rpm. Segundo a fabricante, os pistões se movem em uma velocidade de 8,5 m/s e cada um mede 6,6 metros e pesa 5,5 toneladas.

O motor não só é o maior, como também o mais potente motor a diesel do mundo.
O motor não só é o maior, como também o mais potente motor a diesel do mundo. Divulgação/Internet

O projeto do RT-flex96C foi baseado no homônimo de 12 cilindros e no RTA96C, da década de 1990. A companhia aproveitou criações anteriores para economizar tempo e custo mas adicionou melhorias como injeção direta tipo Common-Rail e aproveitamento do calor residual em geradores elétricos auxiliares.

O Emma Mærsk, ex-maior navio do mundo, foi o primeiro a receber o motor Wärtsilä RT-flex96C
O Emma Mærsk, ex-maior navio do mundo, foi o primeiro a receber o motor Wärtsilä RT-flex96C Reprodução/Internet

Amplamente adotado pela fabricante desde então, o Common-Rail vai além da economia de combustível e traz vantagens como redução de custos de manutenção e, principalmente, operação sem fumaça.

No ano passado, o sistema ganhou mais um upgrade. Entre as novidades estão novo design e a utilização materiais mais resistentes, que segundo a Wärtsilä, são mais eficientes ao evitar fugas e aumentam a vida útil do motor.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa Quatro Rodas 745 maio 2021
Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade
Publicidade