Mega projeto de rodovia tem ambição de ligar Londres a Nova York pela Ásia

Se sair do papel, super estrada de 20.147 km cruzará a Europa, Ásia e América do Norte

Mega rodovia Londres-Nova York Mega rodovia Londres-Nova York

Mega rodovia Londres-Nova York (/)

Já pensou numa rodovia que pudesse ligar a Europa aos Estados Unidos? Alguém teve essa ideia maluca e publicou o projeto: é a “Trans-Eurasian Belt Development” (TEPR). Caso a mega rodovia saia do papel, terá 20.147 quilômetros de extensão, ganhando o título de pista mais longa do mundo. Passará pela América do Norte e Ásia, com destino final na Europa.

LEIA MAIS:

>> Os motorhomes mais incríveis do planeta

>> Como usar o GPS a seu favor em viagens na estrada

>> Como a altitude afeta o desempenho de um carro

Segundo a publicação Road Trippers, a ideia do projeto é de Vladimir Yakunin, presidente da companhia de trens Russian Railway’s. Para implementação, a mega rodovia usaria como base as estradas já existentes em cada país, acompanhando uma linha férrea paralela. Ela teria início em Nova York, cruzando por diversas paisagens dos Estados Unidos, passando pelos estados da Pensilvânia, Ohio, Indiana, Illinois (cidade de Chicago), Minnesota e Dakota do Norte, onde cruzaria a fronteira com o Canadá ao chegar em Saskatchewan. Em seguida, o caminho continua pelo estado canadense de Alberta, pelas montanhas da Colúmbia Britânica, Território de Yukon até chegar ao Alasca. Para ser ter ideia, todo esse percurso já soma mais de 6.000 quilômetros.

Mega rodovia Londres-Nova York Mega rodovia Londres-Nova York

Mega rodovia Londres-Nova York (/)

Depois de adentrar o Alasca é que o projeto fica mais complexo, pois precisariam ser construídos pelo menos 836 quilômetros de estradas para atender o estado, já que na parte mais ocidental do Alasca não há nenhuma via, apenas um território inóspito e muitas montanhas. Não há detalhes da parte que ligaria o Alasca à Rússia, se seria uma ponte ou um túnel, mas sabe-se que teria 88,5 quilômetros de extensão – distância que levaria uma hora para ser atravessada.

 

A aventura não termina por aí já que, chegando na Rússia – o maior país do mundo – há mais 9.977 quilômetros de estrada pela frente. Nesse trajeto a Trans-Eurasian Belt Development passaria por diversas cidades da Rússia, incluindo sua capital Moscou. Próximo do destino final, o percurso continua pela Europa que soma 2.414 quilômetros, atravessando Belarus, Polônia, Alemanha, Holanda, Bélgica, França, chegando à Londres (Inglaterra). Isso dá o total de 20.147 quilômetros, muito combustível, paisagens variadas e exuberantes.

O projeto da mega rodovia Trans-Eurasian Belt Development pode passar por mudanças antes de sair do papel, o que inclui o seu orçamento que custará pelos menos alguns trilhões de dólares. O frio nas relações entre americanos e russos também atrapalha a complexa ligação entre o território dos dois países. No entanto a Rússia espera que, apesar do alto valor investido, a mega rodovia poderia gerar lucro. E facilitaria muito a experiência de viajar de carro pelo mundo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s