Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Maserati Grecale é a resposta italiana contra Porsche Macan e BMW X3

Segundo SUV da Maserati, o Grecale se posiciona contra Porsche Macan e BMW X3 com mecânica superior, mas precisa fazer sucesso

Por Joaquim Oliveira/Press-Inform Atualizado em 21 mar 2022, 22h44 - Publicado em 22 mar 2022, 10h00

Maserati criando de tendências? No que diz respeito às cores, materiais e desenhos, é possível atribuir isso aos italianos. Mas quando se trata de tecnologia e gama de modelos, a marca tradicional nem sempre esteve atualizada.

O primeiro SUV Maserati só foi lançado em 2016. O Levante fez explodir os números de vendas da marca em um primeiro momento, mas ficou aquém das expectativas com o passar dos anos e pouco mudou desde o lançamento. Um de seus principais problemas: com cinco metros, é pequeno demais para um SUV que precisava ser popular entre norte-americanos e asiáticos, e grande demais para o exigente mercado europeu.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

O Maserati Grecale será responsável por um reposicionamento importante. Ele é assumidamente menor que acabará por substituir a versão básica do Levante, enquanto a próxima geração do Levante será maior. A ideia é criar uma hierarquia ao exemplo dos Porsche Cayenne e Macan ou BMW X5 e X3.

Importante ressaltar que o Grecale nem é muito menor que o Levante. Tem 4,86 ​​m de comprimento – pelo menos 13 cm a mais que o Macan. Com 2,90 metros, ele também supera claramente sua distância entre eixos em dez centímetros. E quando se trata de espaço interior, a Maserati orgulhosamente anuncia que é “Best in Class” – seja qual for a medida.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

De qualquer forma, é certo que o Grecale é maior que seu concorrente mais próximo, o Porsche Macan. No entanto, quem ele também supera por alguns centímetros o Alfa Romeo Stelvio. Isso não é insignificante porque o Maserati compartilha a mesma plataforma e é fabricado em conjunto com o primeiro SUV da Alfa em Cassino, cidade entre Roma e Nápoles.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

Então o Grecale é apenas um Alfa Romeo Stelvio disfarçado? Obviamente, ambos compartilham um terreno comum, semelhante ao Porsche Macan e ao Audi Q5. Qualquer outra coisa seria economicamente irracional. Apesar disso, os técnicos da Maserati fizeram todos os esforços para afastar o Grecale o mais longe possível do Stelvio.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

O design exterior é bem-sucedido à primeira vista. Apenas com algumas soluções detalhadas se percebe que a gestão do Grupo Stellantis forçou compromissos. O Grecale não tem janelas laterais sem moldura, como é habitual na Maserati. A maioria dos potenciais novos clientes não deve perceber isso, porém.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

A diferença entre o Grecale e o Stelvio é ainda maior no interior. Isso não é difícil no começo, porque o Alfa SUV está disponível desde 2017. A tecnologia progrediu de acordo: quatro telas no Grecale, o maior dos quais com 12,3 polegadas, e um smartwatch em vez do clássico relógio analógico Maserati são evidências disso.

Continua após a publicidade

Tudo é combinado com vários serviços online e remotos, com head-up display e sistema de som Sonus Faber. Aqui a Maserati está absolutamente atualizada.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

O segundo passo essencial para mais independência é uma virtude clássica da Maserati, o design: muito reduzido (a operação é em grande parte via tela sensível ao toque), muito progressivo e, acima de tudo, equipado com materiais mais caros, o Grecale parece pelo menos uma classe acima do Stelvio.

Compartilhe essa matéria via:

Tecnicamente, o Grecale rompe com a base comum. O motor quatro-cilindros 2.0, que é um desenvolvimento puro da FCA, ainda tem a maior proximidade. Foi equipado com um sistema híbrido leve já é usado nos Maserati Ghibli e Levante. Enquanto isso está disponível apenas com 330 cv, também está disponível para o Grecale com 300 cv. Na Alfa, produz 200 e 280 cv sem sistema híbrido.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

As opções de V6 são tecnicamente mais espetaculares em ambos os veículos: enquanto o Stelvio usa um antigo Ferrari 2.9 com 510 cv, o Grecale ganha um novíssimo motor V6 3.0 desenvolvido pela própria Maserati. É baseado no motor do supercarro esportivo MC20 e atinge 530 cv. Com a ignição pré-câmara da Fórmula 1, é definitivamente um deleite técnico.

Acima de tudo, o motor ajuda o Grecale top de linha, chamado Trofeo, a alcançar um desempenho que realmente é “o melhor da classe”: de outra forma, tem melhor capacidade de aceleração (3,8 segundos) de 0 a 100 e uma velocidade máxima (285 km/h) difícil de igualar nesse segmento.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

Este desempenho tem o seu preço: o Grecale Trofeo custa cerca de 110.000 euros. O Grecale de 300 cv começa em cerca de 71.500 euros. Na melhor das hipóteses, o Levante maior custa pouco menos de 80.000 euros para a versão de 330 cv.

A Maserati já está trabalhando em um outro Grecale, mas que não estará disponível até ao final do próximo ano: o Grecale Folgore (nome batizará todos os carros elétricos da montadora do tridente) é uma versão totalmente elétrica.

Maserati Grecale
Divulgação/Maserati

Pouco se sabe sobre a tecnologia, exceto que o carro terá pelo menos 81,6 kgfm de torque e tecnologia de 400 volts. O Grecale Folgore não será o primeiro Maserati elétrico, já que o GranTurismo totalmente elétrico fará sua estreia antes disso.

Também neste ponto, a Maserati está tentando ganhar destaque e quer ser a primeira marca de luxo com um superesportivo elétrico e todos os modelos com versões 100% elétricas até 2025, para em 2030 só fabricar elétricos mesmo. Uma enorme revolução.

Ficha técnica – Maserati Grecale GT/ Grecale Modena

  • Motor: quatro cilindros em linha com turbocompressor e e-booster, 1.995 cm³; Diâmetro x curso 84 x 90 mm; 300 cv/ 330 cv a 5.750 rpm; Torque 45,9 kgfm entre 2.000-4.000 rpm
  • Câmbio: automático de oito velocidades; Tração nas quatro rodas
  • Velocidade máxima: 240 km/h
  • Aceleração: 0-100km/h: 5,6s / 5,3s
  • Dimensões: comprimento, 484,6 cm; largura, 194,8 cm; altura, 167 cm; entre-eixos 290 cm; peso, 1.870/1.895 kg

Ficha técnica – Maserati Grecale Trofeo

  • Motor: V6 com dois turbocompressores, 3.000 cm³; Diâmetro x curso 88 x 82 mm; Potência 530 cv a 6.500 rpm; Torque 63,2 kgfm entre 3.000-5.000 rpm
  • Câmbio: automática de oito velocidades

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas!
A edição 755 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

Impressa + Digital

Plano completo da QUATRO RODAS! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

App QUATRO RODAS para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês