Clique e assine com até 75% de desconto

Lamborghini Huracán STO é um ótimo carro de pista, mas para as ruas

O aplicativo Lamborghini Unica, exclusivo para proprietários, liberou a foto oficial do Huracán STO 2021 e não é a primeira vez que isso acontece

Por Isadora Carvalho 18 nov 2020, 21h17
Divulgação/Quatro Rodas

Ao que tudo indica a Lamborghini precisa melhorar a segurança do aplicativo Lamborghini Unica, exclusivo para proprietários da marca italiana. Foi ele que vazou as fotos oficiais do Huracán STO 2021, que foi apresentado oficialmente logo em seguida.

O mesmo app também divulgou antes da hora fotos de lançamentos como Huracán Evo, Huracán EVO RWD e Sián.

A Black Friday já começou na Quatro Rodas! Clique aqui e assine por apenas R$ 5,90

O Huracán STO é uma edição limitada e focada na pista, com motor central V10 apropriado para isso e uma série de alterações em comum com o Huracán Super Trofeo Evo. Só tem um detalhe: o STO é homologado para as ruas. 

Divulgação/Quatro Rodas

A dianteira do superesportivo conta com uma grade revisada, entradas de ar remodeladas e um elemento aerodinâmico proeminente pintado de laranja. Na verdade, capô, para-lamas e para-choque são uma única peça, como no Sesto Elemento

Divulgação/Lamborghini

O para-lama traseiro é derivado do Super Trofeo EVO e tem entrada de ar para o motor, permitindo uma redução de 30% nas perdas de pressão. A tampa do motor também tem coletor de ar integrado, para aumentar a refrigeração do V10. No topo desse conjunto está um design de ‘barbatana de tubarão’ para melhorar a estabilidade em curvas rápidas enquanto também endireita o fluxo de ar para a asa traseira.

  • A própria asa é manualmente ajustável para alterar o equilíbrio aerodinâmico do carro em até 13%, afirma Lamborghini. O resultado geral é um aumento de 37% na eficiência do fluxo de ar e um aumento de 53% na força descendente em relação ao Huracán Performante.

    Continua após a publicidade
    Divulgação/Quatro Rodas

    O STO usa o motor V10 5.4 aspirado com 640 cv, exatamente o mesmo que seu irmão. No entanto, é 43 kg mais leve que o Performante, principalmente graças à remoção do sistema de tração nas quatro rodas, mas também devido ao uso de fibra de carbono em 75% dos painéis da carroceria. Pesa apenas 1.339 kg.

    Assim, ele consegue chegar aos 100 km/h em 3 segundos e aos 200 km/h em 9 segundos, com velocidade máxima de 310 km/h.

    Divulgação/Lamborghini

    Outros ajustes incluem direção com uma relação mais direta e fixa – mantendo a direção da roda traseira – e três novos modos de direção. O modo STO padrão é acompanhado pelo modo Trofeo, que otimiza o carro para volta rápida em pista, e o modo Pioggia para condições climáticas adversas., com otimização para o sistema de controle de tração, vetorização de torque e ABS para que possa lidar com o asfalto molhado.

    Divulgação/Quatro Rodas

    Estão disponíveis dois tipos de pneus Bridgestone sob medida – um para estrada e outro para pista. O sistema de freios também foi revisado com um sistema Brembo CCM-R usando materiais cerâmicos. 

    Divulgação/Quatro Rodas

    A cabine é esmerada com uso extensivo de fibra de cabono, incluindo bancos esportivos, painéis das portas e até tapetes. O material Carbon Skin da Lambo – um tecido ainda mais leve do que Alcantara – é usado por toda parte. Uma vasta gama de opções de personalização está disponível. 

    A Lamborghini cita um preço de 216.677 euros sem impostos – 45.000 euros a mais do que o preço base do Huracán Performante quando estava disponível para encomenda. 

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    Continua após a publicidade
    Publicidade