Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Great Wall já teria fechado a compra de fábrica da Mercedes, diz jornal

Fábrica da Mercedes em Iracemápolis (SP) já estaria vendida, mas anuncio oficial ainda não foi feito

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 5 jul 2021, 14h47 - Publicado em 5 jul 2021, 14h46
GWM Poer
GWM Poer GWM/Divulgação

A negociação a fabricante chinesa Great Wall Motors e Mercedes-Benz e pela fábrica de Iracemápolis (SP), de onde saíam os Mercedes Classe C e GLA até dezembro de 2020 teriam sido concluídas.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90. 

De acordo com o jornalista Marcelo Ninio, de O Globo, o negócio entre as duas empresas foi fechado há duas semanas, logo após as negociações virem à tona.

Não houve qualquer anúncio oficial, mas a concretização do negócio esteve em jornal interno da Great Wall em 25 de junho. A notícia ainda aponta que a estrutura da Mercedes cumpre os padrões necessários para a produção de carros da Great Wall no Brasil.

Haval H6
Novo H6 ajudou Haval – marca de SUVs da Great Wall – a bater recordes de venda na Rússia. Agora comanda o desembarque na Tailândia Divulgação/Divulgação

A fábrica da Mercedes foi anunciada em 2013 e começou a operar em 2016. Sua capacidade anual instalada era de 20.000 carros por ano no momento que fechou.

A Great Wall foi fundada em 1984 e produz carros desde 1993. É a maior fabricante de carros na China, onde comanda várias submarcas, como ORA, Wey e Haval, e está presente em vários países da América do Sul por meio de importadores.

Continua após a publicidade

ORA R1
ORA R1 Henrique Rodriguez/Quatro Rodas

A empresa vem investindo pesado em carros elétricos, muitos deles pequenos, por meio da ORA. Mas seu forte são os SUV, como o moderno Haval H6 e o GWM Tank, um jipão com visual de poucos amigos à moda dos Jeep Wrangler e Mercedes Classe G.

Outro modelo que merece destaque é picape média Série P, que já foi registrada no Brasil e vem recebendo comentários positivos nos mercados da Ásia e Oceania.

Esta picape, inclusive, será fabricada na Tailândia em planta comprada da General Motors em 2019. A GM também vendeu sua fábrica na Índia à GWM, mas problemas diplomáticos e a pandemia de Covid-19 atrasaram os trabalhos.

Há quem chame de plágio, há quem chame de homenagem...
Great Wall Tank Cybertank Divulgação/Tank

Não há prazos ou detalhes especificados para o início da comercialização de carros da Great Wall no Brasil. A América do Sul é importante em seu projeto de globalização e a empresa já tem escritório em São Paulo.

Instalada de vez, a empresa sinaliza que aproveitará o estágio embrionário dos EVs no país para garantir fatia importante no segmento. Ao mesmo tempo, seguirá comercializando modelos bons de venda em outros mercados, produzindo-os localmente.

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da edição de maio da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

Capa de QUATRO RODAS 746

 

Continua após a publicidade

Publicidade