Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Governo reduz ainda mais o IPI para carros e SUVs novos no Brasil

Medida do Governo reduz a alíquota do IPI para automóveis e motos ao mesmo nível de outros bens; Picapes continuam pagando menos imposto

Por Henrique Rodriguez Atualizado em 1 ago 2022, 13h08 - Publicado em 1 ago 2022, 13h00

O governo federal publicou na última sexta-feira (29) o decreto nº 11.158, que aumenta a margem de redução das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para diversos bens de consumo, incluindo os automóveis novos, bicicletas e motocicletas.

Desta forma, a redução da alíquota do IPI de carros novos passa a ser de 24,75% e se estende aos SUV. Em março, quando maior parte dos produtos industrializados tiveram redução de quase 25% na alíquota do IPI, os automóveis tiveram redução de 18,5%. Agora, a redução foi igualada.

“A elevação desse percentual equipara a redução do imposto para o setor automotivo à concedida aos demais produtos industrializados”, diz o Ministério da Economia.

Vale lembrar que a redução é na alíquota do IPI, que varia entre 7% para veículos com motor 1.0 flex ou 25% no caso de automóveis com motores 2.0 a gasolina. E, também, o efeito dessa redução não será notável por muito tempo.

No final de abril ainda foi anunciada uma redução do IPI de 35% para picapes, furgões e vans, mas automóveis e SUVs haviam ficado de fora.

Jeep Renegade Renault SUVs 1.3 Turbo testados por QUATRO RODAS
Jeep Renegade Renault SUVs 1.3 Turbo testados por QUATRO RODAS Fernando Pires/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

A Anfavea, associação dos fabricantes de automóveis, divulgou nota comemorando a medida.

“Foi uma decisão sensata do governo federal, em especial do Ministério da Economia, no sentido de ataque ao Custo Brasil e da busca de uma carga tributária mais compatível com a de outros países produtores de veículos”, declarou o Presidente da Anfavea, Márcio de Lima Leite.

Compartilhe essa matéria via:

A associação ainda garantiu que, aa mesma forma que ocorreu na redução de março, os veículos que já estão na rede de concessionários e que ainda não foram vendidos poderão ser refaturados com a alíquota de IPI menor.

O porém é que essa redução no preço tende a ser pequena. Os efeitos da redução de IPI feita março desapareceram no primeiro reajuste de preços promovidos pelas fabricantes.

O que é o IPI ?

O IPI é um imposto federal que incide sobre cerca de 4 mil itens nacionais e importados que passaram por algum processo de industrialização (beneficiamento, transformação, montagem, acondicionamento ou restauração). Com caráter extrafiscal (tributo regulatório), o IPI pode ser usado para fomentar um setor econômico por meio de isenção ou redução das alíquotas para que mais produtos produzidos pelo setor sejam vendidos.

(Com Agência Brasil)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Continue lendo, sem pisar no freio. Assine a QR.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.


a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de QUATRO RODAS. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da QUATRO RODAS, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Comparativo entre os principais modelos do mercado.

Tudo sobre as novidades automobilísticas do Brasil e do exterior.

Receba mensalmente a QUATRO RODAS impressa mais acesso imediato às edições digitais no App QUATRO RODAS, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês