Clique e assine por apenas 8,90/mês

GM admite falhas e indenizará vítimas

CEO diz que defeito de ignição não será encoberto

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 13h43 - Publicado em 5 jun 2014, 14h23
mercado

A General Motors assumirá total responsabilidade pelos acidentes decorrentes de uma falha na ignição de diversos de seus modelos vendidos nos Estados Unidos. A afirmação foi feita por Mary Barra, CEO da montadora, nesta quinta-feira (5), informando ainda que 15 funcionários, todos esses com algum tipo de ligação com o caso, foram demitidos.

A executiva também confirmou que as vítimas de acidentes ou seus familiares serão indenizados de modo apropriado. O objetivo de Barra é deixar claro que a companhia não fará qualquer movimento no sentido de “encobrir” o defeito, o qual gerou diversos recalls e afetou milhões de veículos. Por conta disso, a GM foi multada há alguns dias num valor recorde de US$ 35 milhões.

Publicidade