Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Frankfurt: Lamborghini Aventador SV e Huracan Spyder desembarcam por aqui em 2016

Preços e datas de lançamento ainda não foram confirmados

Por Rodrigo Furlan (com informações de Vitor Matsubara) Atualizado em 9 nov 2016, 14h40 - Publicado em 15 set 2015, 14h25
fabricantes

Dois dos mais empolgantes supercarros da atualidade serão comercializados no mercado brasileiro em breve. Nesta terça-feira (15), o porta-voz da Lamborghini informou aos veículos de imprensa presentes no Salão de Frankfurt que Aventador SuperVeloce e Huracan Spyder chegarão ao Brasil no próximo ano. A data exata para o início das vendas não está definida.

lamborghini-huracan-spyder-2.jpeg

O Aventador SV foi revelado há algumas semanas. A carroceria ganhou diversos apêndices aerodinâmicos na frente e, sobretudo, na traseira, com especial destaque para o enorme aerofólio, que tem regulagem manual em três posições. Ele também recebeu fibra de carbono em para-lamas, portas, spolier, entradas de ar laterais e asa traseira. O resultado foi um carro 50 kg mais leve (1.525 kg no total)

lamborghini-aventador-sv-1.jpeg
Continua após a publicidade

No que diz respeito ao desempenho, o cupê é equipado com bloco 6.5 V12 naturalmente aspirado, oferecendo 750 cavalos de potência. Ele é atrelado a uma transmissão de dupla embreagem e sete velocidades, com troca de marchas efetuadas em apenas 50 milésimos de segundo. Na Europa, o modelo é vendido por 480 mil euros, e é provável que no Brasil o modelo desembarque por um valor bastante alto (acima de R$ 3 milhões).

lamborghini-aventador-sv-2.jpeg

Já o Huracan Spyder teve as primeiras informações oficiais reveladas apenas nesta semana. Visualmente, há poucas alterações em relação ao cupê. A maior delas é o teto retátil, que pode ser totalmente aberto ou fechado em 17 segundos (em velocidades de até 50 km/h). Por sinal, vale mencionar também que o teto de tecido tem três opções de cor: marrom, preto e vermelho. Destaque também para as rodas de 20 polegadas, com freios de cerâmica.

Não há mudanças no trem de força do modelo na comparação com o Huracan cupê. Assim, o bloco 5.2 V10 naturalmente aspirado oferece 610 cavalos de potência e 57,1 mkgf. O teste de aceleração de 0 a 100 km/h é feito em 3,4 segundos, e o de 0 a 200 km/h, em 10,2s. Já a velocidade máxima do roadster é de 324 km/h.

VEJA MAIS– Galeria: Lamborghini Huracan Spyder– Galeria: Lamborghini Aventador SuperVeloce

Continua após a publicidade

Publicidade