Clique e assine com até 75% de desconto

Ford afastará dois mil funcionários por layoff em março

Após promover férias coletivas durante todo o mês de fevereiro, a fabricante anunciou a dispensa do terceiro turno da fábrica de Camaçari (BA)

Por Guilherme Fontana Atualizado em 23 nov 2016, 20h35 - Publicado em 16 fev 2016, 14h29
ford-ecosport
Ford EcoSport

O primeiro mês de 2016 representou o pior desempenho da indústria automobilística em nove anos: com 2.122.669 automóveis emplacados (sem considerar comerciais leves) a retração foi de 38,6% em relação ao mesmo período em 2015. Diante de tal cenário, a Ford anunciou sua primeira medida de contenção, afastando dois mil funcionários de sua fábrica de Camaçari (BA) em esquema de layoff a partir do dia 14 de março. Em fevereiro, a fabricante já promoveu férias coletivas a todos os trabalhadores da unidade.

Mais do que a queda da indústria geral, a Ford viu sua participação de mercado de automóveis cair de 11,04% em janeiro de 2015 para 8,2% em janeiro de 2016, além da passagem de 4º para 5º lugar, sendo ultrapassada pela Hyundai. Por isso, a fábrica da marca instalada em Camaçari terá seu terceiro turno dispensado em formato de layoff, quando há a dispensa dos funcionários sem a necessidade de demissão em massa. Tal esquema pode durar no máximo cinco meses e obriga as empresas a requalificarem os trabalhadores, oferendo cursos enquanto eles estiverem parados.

ford-ka
Ford Ka

Em Camaçari são produzidos os atuais EcoSport e Ka, além dos motores 1.0 de três cilindros que equipam o compacto. O EcoSport passou de 3.670 unidades vendidas em janeiro de 2015 para 1.807 no mesmo mês de 2016, enquanto o Ka passou de 8.228 para 4.345 respectivamente.

Continua após a publicidade
Publicidade