Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fisker finalmente declara concordata e tem novo dono

Empresa poderá reiniciar produção e venda do Karma e outros modelos

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h52 - Publicado em 23 nov 2013, 10h00
mercado

Depois de ficar 18 meses sem fabricar veículos, a Fisker finalmente declarou concordata. O Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) vendeu os ativos da companhia para a empresa Hybrid Tech Holdings LLC por US$ 25 milhões, com prejuízo relatado de US$ 139 milhões.

Alguns relatos dizem que o DOE investiu US$ 192 milhões na Fisker, e só conseguiu cerca de 53 milhões de dólares de volta. O Departamento de Energia dos EUA colocou a Fisker em leilão no mês passado. Além disso, aparentemente a Fisker deve até um bilhão de dólares a credores. Quaisquer que sejam os números exatos, o fato é que a saga da Fisker agora entra em uma nova fase.

A Hybrid Tech Holdings é um grupo investidor um tanto misterioso. A porta-voz da empresa, Caroline Langdale, disse à Bloomberg que não poderia revelar quem está por trás do grupo, ou mesmo onde ele está localizado. “Infelizmente não podemos comentar além do comunicado de imprensa neste momento”. Porém, segundo o jornal Los Angeles Times, o grupo é liderado pelo magnata Richard Li, de Hong Kong.

Esta não será a última vez que ouviremos falar sobre a Fisker. Especula-se que os novos donos poderão reiniciar a produção e a venda do Fisker Karma, assim como outros veículos híbridos e totalmente elétricos.

Continua após a publicidade

Publicidade