Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fiat suspende investimentos na Itália

Crise na Europa motivou decisão

Por Vitor Matsubara - Atualizado em 9 nov 2016, 11h59 - Publicado em 6 ago 2012, 21h24
mercado

O CEO da Fiat SpA, Sergio Marchionne, decidiu suspender temporariamente novos investimentos na Itália por conta da forte crise que vem prejudicando as vendas da empresa na Europa.

“A situação atual do mercado, a crise econômica e as demais dificuldades pelas quais o mercado europeu de automóveis vem passando nos forçaram a suspender os planos de investimentos futuros”, declarou a montadora em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 6 de agosto.

Para tentar reverter a situação, Marchionne cogita fechar uma segunda fábrica na Itália. Esta decisão deve ser a mais provável, embora a Fiat ainda esteja tentando encontrar uma maneira de exportar automóveis nos Estados Unidos.

Com as vendas na Europa caminhando para queda pelo quinto ano consecutivo, a Fiat não é a única montadora de carros a passar maus bocados. No mês passado, a PSA-Peugeot Citroën anunciou o fechamento de uma fábrica na França, que deve acarretar na demissão de 16 mil funcionários. A GM também cogita encerrar as atividades de uma das fábricas da Opel na Alemanha.

Continua após a publicidade
Publicidade