Clique e assine por apenas 8,90/mês

Fiat descarta 500X e 500L no Brasil

Importação do 500 Abarth ameniza ausência dos modelos

Por Vitor Matsubara, de Paris (França) - Atualizado em 9 nov 2016, 14h05 - Publicado em 2 out 2014, 18h13
paris-2014

O 500X é a grande novidade do estande da Fiat no Salão de Paris. Mas se você se encantou pelo crossover, não temos boas notícias. Isso porque o modelo não deve ser vendido no Brasil, ao menos por enquanto. Foi o que disse o presidente da Fiat do Brasil, Cledorvino Belini.

“O 500X e o 500L são carros desenvolvidos pensando no consumidor europeu, e por isso não temos planos de vendê-los no Brasil”, afirmou Belini, lembrando também da minivan derivada do pequeno 500.

Um dos motivos para o 500X ter se afastado de nosso país é a possibilidade de concorrência “interna” com o Jeep Renegade. A marca norte-americana é controlada pela Fiat e o modelo será produzido em uma nova fábrica do grupo, localizada em Goiana (PE), a partir de 2015.

Se por um lado a linha 500 não ganhará novos membros, por outro uma nova versão do 500 está confirmado para o Brasil. “O 500 Abarth será apresentado no Salão do Automóvel”, declarou o presidente da montadora líder do mercado brasileiro há 13 anos.

Publicidade