Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fenabrave: vendas caíram em 2013 pela primeira vez em 10 anos

Entidade prevê vendas estáveis em 2014

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h57 - Publicado em 6 jan 2014, 13h00
mercado

Segundo a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o ano de 2013 registrou queda de 1,61% nas vendas de automóveis e comerciais leves. A última vez que o setor que o segmento apresentou um resultado negativo na comercialização de automóveis foi em 2003 ante 2002, com queda de 1,40%.

Considerando também as vendas de ônibus e caminhões, a queda foi de 0,91%. Quando são computadas as vendas totais de veículos, incluindo motos, implementos rodoviários, entre outros, o resultado registrou queda de 2,29%. Apesar disso, a Fenabrave prevê vendas estáveis de automóveis em 2014 com dois cenários diferentes.

No primeiro, a estimativa da entidade é de que sejam comercializados 3,575 milhões de automóveis e comerciais leves no país neste ano, número que se mostraria estável ante o total de veículos emplacados em 2013. Neste cenário, a Fenabrave considera um ano calmo e com uma inflação que não ultrapasse o teto da meta, de 6,5%, e um câmbio que não supere a casa de R$ 2,50.

Já no pior cenário das previsões, considerando um ano com maior volatilidade devido a questões internacionais e por causa da Copa do Mundo, que acontece no Brasil neste ano, a estimativa da Fenabrave é de que sejam vendidos 3,450 milhões de automóveis e comerciais leves, oq eu significaria uma queda de 3,50% sobre o número total de veículos emplacados de 2013.

Continua após a publicidade

Publicidade