Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Falência de Detroit não afetará tradicional salão do automóvel

Na semana passada, Detroit decretou a maior falência municipal da história dos EUA

Por redação Atualizado em 9 nov 2016, 12h34 - Publicado em 21 jul 2013, 11h00
fabricantes

Na semana passada, Detroit decretou a maior falência municipal da história dos EUA, com uma dívida acumulada de mais de US$ 18 bilhões, e décadas de declínio que viu a sua população diminuir de 2 milhões para apenas 700 mil hoje.

Apesar destas estatísticas e circunstâncias sombrias, a gestão do Cobo Hall, local do Salão de Detroit (North American International Auto Show) realizado anualmente, diz que o processo de falência da cidade terá um impacto mínimo sobre o evento e o local onde ele acontece, de acordo com o que foi divulgado pelo site Automotive News.

A gestão do Cobo Center mudou de cidade para uma autoridade regional independente em 2009, composto por representantes dos três municípios, que representam a área metropolitana de Detroit, e outros membros do conselho nomeados pela cidade e estado.

O Cobo Center está passando por uma reforma de 299 milhões de dólares para acrescentar espaço de reunião adicionais e fazer outras melhorias para combater algumas objeções das montadoras em relação à qualidade das instalações de Cobo.

Operando de forma independente da cidade também permite aos organizadores selecionar sua própria equipe de segurança, ao invés de usar a polícia de Detroit, que já está sobrecarregada com uma das mais altas taxas de criminalidade urbana no país.

Continua após a publicidade

Publicidade