Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Fabricante de buggies Fyber terá fábrica provisória no Ceará

Instalação temporária será utilizada até que a fábrica definitiva fique pronta, no começo de 2023

Por Pedro Henrique Oliveira 16 jun 2021, 18h57
Buggy Verde Fyber 2021 visto 3/4 de frente
A empresa terá uma fábrica provisória em Paracuru (CE) até 2023, quando estreia a instalação definitiva Fyber/Divulgação

Os turistas que visitam o Nordeste do Brasil têm como programa quase que obrigatório um passeio de buggy pelas dunas do litoral. Caso façam essa expedição pelas areias brasileiras, certamente eles serão levados por um modelo da Fyber. 

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 8,90

Por isso, sob o comando e investimentos da alemã Axxola GmbH, a marca está construindo uma fábrica temporária em Paracuru (CE), a 100 km da capital, Fortaleza, para reforçar a produção dos buggies. A decisão da empresa pode estar ligada à probabilidade de um grande aumento no turismo brasileiro no próximo verão, conforme as campanhas de vacinação contra a Covid-19 forem avançando.

Foto da placa da fábrica da Fyber
A cidade de Paracuru, no Ceará, foi escolhida por ser um ponto de turismo visado pelas praias Fyber/Divulgação

De acordo com a Fyber, que já produziu cerca de 15.000 unidades desde 1981, a unidade provisória de 5.000 m² deverá ficar pronta no próximo mês de agosto, quando estará apta a produzir até 500 veículos por ano.

Além disso, o CEO da empresa controladora, Dirk Wittenborg, explica que o caráter temporário da unidade se dá porque a fabricante não poderia esperar até a conclusão da nova fábrica definitiva, que ficará pronta em 2023. “É uma instalação provisória, construída com a intenção de transferir a produção para Paracuru o mais rápido possível”, diz Wittenborg.

“Nosso projeto da Fyber vai construir uma fábrica maior, mas não podíamos esperar sua conclusão para que a Fyber começasse a operar em Paracuru”, destacou.

Buggy Branco Fyber 2021 visto de frente
De acordo com o CEO da Axolla GmbH, investidora da Fyber, atualmente são usados 2.000 buggies por guias no Ceará Fyber/Divulgação

Na unidade temporária, cada parte da fabricação terá um galpão específico destinado à produção das peças selecionadas. Apenas para a construção do ambiente foram gerados 40 empregos e, para a produção dos veículos, mais 70. 

Continua após a publicidade

O local escolhido não foi por acaso, já que é um dos melhores pontos de kitesurf do mundo, visitado anualmente pelo próprio Dirk Wittenborg. De acordo com o CEO, o projeto da fábrica levou em conta o espírito do buggy. Por isso, o espaço escolhido possui áreas ao ar livre e é cercado pela natureza para “gerar um bom ambiente de trabalho”. 

Construção da fábrica da Fyber
A fábrica provisória terá espaços ao ar livre e galpões para dividir as áreas de produção Fyber/Divulgação

Para a instalação definitiva, também em Paracuru, a empresa investirá cerca de R$ 30 milhões. O terreno escolhido possui 62.000 m² e o início da construção está marcado para 2022. A operação deve começar em 2023 e a fábrica definitiva deverá gerar 100 empregos e terá capacidade de produzir 1.000 buggies por ano.

 

Fábrica provisória da Fyber
O local escolhido para a instalação definitiva é em Paracuru (CE) e terá 62 mil metros quadrados Fyber/Divulgação

 

Modelos das imagens:

Buggy Branco Ano 2021
Modelo: motor AP 1.8
Preço: R$ 65.000

Buggy Verde Ano 2021
Modelo: motor Box 1.6
Preço: R$ 62.000

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital

Capa Maio 2021
A edição 745 de QUATRO RODAS já está nas bancas! Arte/Quatro Rodas
Continua após a publicidade

Publicidade