Clique e Assine QAUTRO RODAS por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

F-1 deve ter proteção no cockpit a partir de 2017

Além da segurança, FIA também pretende deixar carros mais rápidos

Por Vitor Matsubara
Atualizado em 23 nov 2016, 20h38 - Publicado em 24 fev 2016, 13h11
Pastor Maldonado no GP do Brasil de 2015
Proteção ? cabeça deve ser apenas parcial ()

Os carros da Fórmula 1, enfim, devem ter uma proteção à cabeça dos pilotos. A medida faz parte de um pacote de alterações na aerodinâmica dos monopostos da categoria, anunciada pela FIA nesta quarta-feira, 24 de fevereiro. A entidade espera que as novidades baixem os tempos em até três segundos por volta.

A FIA deve adotar o modelo Halo, que não fecha completamente o cockpit, mas aumenta a proteção à cabeça dos pilotos, preocupação recorrente no automobilismo após as trágicas mortes de Jules Bianchi (na F-1) e Justin Wilson (na F-Indy). Segundo a própria entidade, outros conceitos podem (e devem) ser avaliados, de acordo com o desejo dos atletas.

Quanto às melhorias aerodinâmicas, a FIA pretende deixar os carros mais rápidos promovendo alterações como deixar a asa traseira mais baixa e larga. A largura na parte traseira da peça aumentará em 200 milímetros, passando de 750 para 950 milímetros, enquanto a altura diminuirá em 150 milímetros – chegando a 800 milímetros. A asa dianteira também mudará.

Os pneus serão mais largos visando melhorar a aderência e aumentar a velocidade nas curvas, seguindo o conceito adotado na própria F-1 no passado. Já a carroceria dos bólidos será esticada em 20 centímetros, atingindo a medida máxima de 1,60 metro. Por fim, os carros também ficarão mais pesados: o peso mínimo será de 722 quilos, ante os 702 quilos atuais.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Quatro Rodas impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.