Clique e assine por apenas 8,90/mês

Este veículo brutal do Exército dos EUA usa base e motor da Chevrolet S10

Cerca de 90% dos componentes do novo veículo de guerra são compartilhados com a Colorado ZR2, versão da irmã da S10 com suspensão mais parruda

Por Henrique Rodriguez - 30 jun 2020, 15h17
Versão adaptada para o campo de batalha transporta até 9 soldados General Motors/Divulgação

A GM Defense, divisão da defesa da General Motors, ganhou um contrato para fabricar novos veículos off-road para o Exército dos EUA. Até aí, tudo bem. Mas ele será baseado na Colorado, a versão americana da nossa Chevrolet S10!

Seguindo as regras impostas pelo cliente especial, o veículo é voltado para o transporte rápido de nove soldados de infantaria no campo de batalha.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Quatro Rodas? Clique aqui e assine com 64% de desconto.

Além disso, precisa ser leve para ser transportado por um helicóptero UH-60 Blackhawk e compacto o suficiente para caber dentro de um helicóptero CH-47 Chinook.

Continua após a publicidade

O chamado GMD ISV (de Infantry Squad Vehicle) consegue fazer isso usando 90% de peças de prateleira – ou seja, componentes prontos e já em uso nas diferentes versões da Colorado. 

Quase todos os componentes mecânicos são compartilhados com a Colorado de rua General Motors/Divulgação

O motor, inclusive, é o conhecido 2.8 turbodiesel usado pela S10 nacional. Porém, em vez de entregar 200 cv, como nossa picape, rende 188 cv. Mas o câmbio automático de seis marchas não muda.

A versão que serviu como ponto de partida para este valente integrante das forças armadas americanas foi a Colorado ZR2, versão esportiva da picape.

Ela se destaca pela suspensão mais parruda, com braços de ferro fundido, que a eleva em 5 cm. Também utiliza amortecedores tipo DSSV (Dynamic Suspension Spool Valve), semelhantes aos utilizados no Camaro Z/28.

Continua após a publicidade

Como vantagem, esses amortecedores especiais feitos pela Multimatic possuem válvulas que alteram a ação de amortecimento conforme as situações de uso. Há seis ajustes para a dianteira e quatro para a traseira.

General Motors/Divulgação

A picape conta também com diferencial dianteiro e traseiro com bloqueio eletrônico, além de tração 4×4 com nove opções de ajustes.

Os GMD ISV foram desenvolvidos em conjunto com a Ricardo Defence e o contrato inicial é de US$ 214,3 milhões (quase R$ 1,2 bilhão) para aquisição das primeiras 649 unidades.

Mas o exército norte-americano planeja a compra de um total de 2.065 unidades.

Continua após a publicidade

Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da nova edição de quatro rodas? clique aqui e tenha o acesso digital.

Publicidade