Clique e assine por apenas 8,90/mês

Escalade Viceroy: um Cadillac para morar dentro

Transformação feita pela Lexani cria um dos interiores mais luxuosos e sofisticados já vistos

Por Redação - Atualizado em 9 nov 2016, 14h51 - Publicado em 15 fev 2016, 11h42
Cadillac Escalade Viceroy

Às vezes, tudo o que você deseja ao entrar no carro é se isolar do mundo ao redor – principalmente quando não estamos dirigindo. Os felizes (e ricos) compradores do Cadillac Escalade Viceroy terão muito com o que se entreter em meio ao trânsito. Preparado pela Lexani, tradicional fabricante de rodas especiais, o Viceroy traz um interior digno dos jatos executivos mais caros do planeta.

Cadillac Escalade Viceroy

O primeiro item a chamar a atenção é o teto revestido com centenas de pequenas luzes de LED. Elas emulam o efeito de um céu estrelado, semelhante ao que ocorre no chamado “celestial headliner” oferecido como opcional nos Rolls-Royce.

Cadillac Escalade Viceroy

Há espaço para quatro ocupantes, além do motorista e do passageiro ao seu lado. Os mais privilegiados contam com duas poltronas com todo tipo de ajuste elétrico: reclinagem, avanço do assento, massagem, altura do encosto de cabeça e até a largura e firmeza dos apoios laterais, além de aquecimento e refrigeração. 

Cadillac Escalade Viceroy

Outros dois assentos menores ficam virados para trás. Ocupá-los, porém, pode atrapalhar a visão da televisão de 48 polegadas com resolução 4k instalada entre o motorista e o habitáculo traseiro. Há também um completo sistema multimídia, um tablet iPad disponível na parede, frigobar, interfone para falar com o condutor e um acabamento refinado com fartura de couro e madeira.

 

Continua após a publicidade

Ideal para chefes de estado ou comitivas com alto nível de segurança, o Escalade Viceroy já vem blindado. Em uma das laterais do interior, duas telas exibem imagens ao redor do veículo, para que os ocupantes saibam exatamente o que ocorre lá fora mesmo com as janelas e cortinas fechadas.

Interessou? Infelizmente, o preço ainda não foi divulgado…

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Publicidade