Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Por 12.403 euros, Dacia Spring é o carro elétrico mais barato da Europa

Spring Eletric começará a ser vendido no dia 20 de março na Europa, porém com um motor de apenas 44 cv e uma velocidade máxima de 125 km/h

Por Isadora Carvalho Atualizado em 16 mar 2021, 13h38 - Publicado em 16 mar 2021, 13h17
Dacia Spring
Divulgação/Renault

Não é de hoje que as marcas se esforçam para encontrar alternativas para baratear o custo de produção dos carros elétricos, inclusive para reduzir o seu preço de venda. A própria Volkswagen aposta em novas baterias e plataformas para tornar os elétricos mais acessíveis até 2030.

Porém, ao que tudo indica, a Dacia já conseguiu esse feito. A partir de 20 de março começará a vender na Europa o Spring Electric por apenas 12.403 euros – cerca R$ 83.067 em conversão direta.

Clique aqui e assine Quatro Rodas por apenas R$ 7,90

Em reais pode não parecer tão barato, mas por esse valor ele terá o título de o carro elétrico mais barato vendido na Europa. O Dacia Spring Electric é o primeiro carro elétrico da marca Dacia.

A marca romena, que faz parte do grupo Renault e o modelo Spring tem suas dimensões e aparência próximas de um Kwid. O Spring tem estrutura Dacia, mas incorporará tecnologia do Renault K-ZE, um carro elétrico econômico lançado no mercado chinês.

Continua após a publicidade
Dacia Spring
Divulgação/Renault

O K-ZE é alimentado por um motor elétrico de 45 cv, 12,75 kgfm potência próxima a oferecida pelo de 33 kW do Spring que gera 44 cv e os mesmos 12,75 kgfm de torque máximo.

Apesar da pouca potência, o compacto sustentável tem velocidade máxima de 125 km/h e sua autonomia é 230 km, que pode chegar a consideráveis 295 km em uma condução exclusivamente urbana. Mas, não será o desempenho do Spring o seu grande trunfo e sim o seu preço de venda.

  • Especulava-se que o modelo iria custar cerca de 15.000 euros, mas seu preço na França chegou aos 16.990 euros. No entanto, esse não será o valor final, pois o governo concede desconto de 27% para carros elétricos vendidos por menos de 45.000 euros.

    Nesse caso, o Spring chega as lojas europeias por 12.400 euros. Trata-se de um ótimo negócio para os deslocamentos diários e nos resta aqui torcer para termos um dia subsídios governamentais tão consideráveis quanto aos europeus para incentivar a mobilidade 100% elétrica e limpa. 

    Não pode ir à banca comprar, mas não quer perder os conteúdos exclusivos da Quatro Rodas? Clique aqui e tenha o acesso digital.

    QR - CAPA 742 - FEVEREIRO

    Continua após a publicidade
    Publicidade