Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Cuidado com as fraudes no pagamento do IPVA em São Paulo

Secretária da Fazenda confirma que boletos com cobrança indevida são distribuídos. 

Por Isadora Carvalho Atualizado em 23 nov 2016, 20h23 - Publicado em 5 jan 2016, 19h07
IPVa-04-1001-15
Informativo oficial da Secretaria da Fazenda Governo de São Paulo/Divulgação

A Secretaria da Fazenda de São Paulo divulgou nota com um alerta sobre fraudes no pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Os boletos com cobrança indevida estão sendo distribuídos no estado, além de sites que usam o nome da secretaria para colher informações pessoais.

É importante ressaltar que a entidade estadual distribui apenas informativos com orientações para o contribuinte. Portanto não remete pelos Correios código de barras próprios dos boletos de cobrança. Foram distribuídos cerca de 18 milhões de avisos de vencimento do IPVA 2016. 

O imposto pode ser pago de apenas duas formas: pelo site da Secretaria da Fazenda ou em bancos credenciados. Para isso, o proprietário deve ter em mãos o Renavam do veículo.

Em caso de dúvidas, os contribuintes devem entrar em contato com a Secretaria da Fazenda por meio do telefone 0800-170110 (exclusivo para telefone fixo) ou pelo site oficial.

Sem reajuste

As alíquotas do imposto permanecem inalteradas. Os donos de veículos movidos a gasolina ou bicombustíveis recolherão 4% sobre o valor venal (estimativa que o Poder Público realiza sobre o preço de determinados bens). Aqueles que utilizam exclusivamente álcool, eletricidade ou gás, ainda que combinados entre si, têm alíquota de 3%. As picapes cabine dupla pagam 4%.

Os utilitários (cabine simples), ônibus, micro-ônibus, motocicletas, motonetas, quadriciclos e similares recolhem 2% sobre o valor venal.

Continua após a publicidade

Publicidade