Clique e assine por apenas 8,90/mês

Correio Técnico: como funciona o hidrovácuo do freio em um carro elétrico?

Mesmo sem usar motor a combustão, veículos elétricos utilizam o hidrovácuo, mecanismo essencial para a frenagem; saiba como

Por Rodrigo Ribeiro - 4 mar 2020, 07h00
O hidrovácuo usa baixa pressão para deixar o freio macio Christian Castanho/Quatro Rodas

Como o hidrovácuo do freio funciona em veículos elétricos, já que não há motor a combustão para gerar a baixa pressão? – Bruno Cavalcante – Salvador (BA). 

Usando uma bomba elétrica para tirar o ar do compartimento que auxilia nas frenagens. Esse sistema, aliás, não é exclusivo de veículos elétricos.

Modelos híbridos, a diesel e alguns motores turbo de baixa cilindrada também usam a assistência, para garantir que sempre exista o vácuo, que é usado para deixar o pedal de freio mais macio.

Esse auxílio é essencial em situações de uso constante do freio com o motor em baixa rotação, como em descidas de serra.

Continua após a publicidade

Como há pouco ar passando pelo coletor de admissão, pode existir o risco de o hidrovácuo não conseguir manter a baixa pressão e, com isso, deixar o pedal de freio duro.

Publicidade